Congresso dos EUA se reunirá para falar sobre os frequentes avistamento de OVNI'S



Um subcomitê da Câmara está programado para realizar, nesta terça-feira, a primeira audiência pública no Congresso sobre objetos voadores não identificados (OVNIs) em mais de meio século, com depoimentos de dois altos funcionários da Inteligência de defesa. Pilotos militares construíram um relatório e conseguiram documentar mais de 140 casos de fenômenos não identificados. As documentações começaram em 2004. 

Scott Bray, vice-diretor de inteligência naval, também esteve presente na reunião e levou exemplo de UAPs para ilustrar a preocupação. 

"Sabemos que nossos militares encontraram fenômenos aéreos não identificados e, como os UAPs representam riscos potenciais de segurança de voo e segurança geral, estamos comprometidos com um esforço concentrado para determinar suas origens", comentou Ronald Moultrie, supervisor de um subcomitê de Inteligência da Câmara. 


AMEAÇA EM POTENCIAL 


Os legisladores e as autoridades presentes na reunião pontuaram que os OVNIs representam uma ameaça significativa, caso avancem. 

"Essa audiência e nosso trabalho de observação tem uma ideia central: Fenômenos Aéreos Não Identificados são uma ameaça em potencial à segurança nacional, e precisam ser tratados dessa forma", defendeu o democrata Andre Carson, do estado da Indiana. 


Leia também...