Como realizar a validação de documentos estrangeiros no Brasil?



Fez um intercâmbio no exterior, morou fora por algum tempo ou ainda é estrangeiro e está de mudança permanente para o Brasil? Saiba que todos os documentos emitidos no exterior deverão passar por um processo para se tornarem válidos em território nacional. 


Isso porque, os papéis oficiais redigidos em outro idioma dificulta a compreensão das autoridades brasileiras, além disso, precisa de comprovação para atestar que são, de fato, originais e contém informações verídicas.


Toda essa burocracia faz parte de um conjunto de normas estabelecidas a fim de facilitar a tramitação de documentos entre os países. 


Conhecer o processo, auxilia não só a otimizar o tempo organizando a papelada, mas também a deixar tudo em ordem para que, quanto antes seus documentos estejam conforme exige a lei. 

Qual o processo para legalizar os documentos no Brasil?

A primeira providência a ser tomada para tornar seus documentos emitidos no exterior válidos no Brasil é realizar a tradução juramentada.


Embora haja quem ainda não conheça o serviço, trata-se de um procedimento muito comum para quem viaja ao exterior para fazer intercâmbio, trabalhar, solicitar dupla cidadania ou viver de forma permanente. 


A tradução pública - como também é conhecida - é feita por um profissional especializado nesse tipo de tradução, que deve ser obrigatoriamente concursado e cadastrado na Junta Comercial do Estado em que desempenha a função. 


Ele é responsável por fazer a transposição das informações de um idioma a outro - da língua estrangeira para o português, neste caso - e sua assinatura confere ao documento a validade legal da qual ele precisa. 


Feito isso, o processo de legalização deve seguir no Ministério das Relações Exteriores no Brasil, órgão que ficará responsável por realizar a conferência das informações e verificar se correspondem com as normas brasileiras. 


Eventualmente, pode ser solicitado o apostilamento e reconhecimento de firma das assinaturas presentes na tradução, procedimento que deve ser realizado em um Cartório de Notas autorizado. 

Quais documentos estrangeiros devem passar por este processo?

O ideal é que todos os documentos considerados oficiais passem pela tradução juramentada a fim de assegurar sua validade no Brasil. 


Listamos a seguir os mais comuns e indispensáveis para se traduzir: 


  • Passaporte e outros documentos de identificação como carteira de motorista e habilitações profissionais;

  • Certidão de nascimento ou casamento; 

  • Diplomas universitários, certificados de conclusão de curso e históricos escolares; 

  • Documentos financeiros pertinentes ao processo de retorno;

  • Documentos judiciais (quando aplicável).

Qual a importância de traduzir os documentos quando chegar ao Brasil?

Conforme explicamos anteriormente, realizar a tradução juramentada dos seus documentos quanto antes é fundamental para tê-los válidos para quando for necessário usá-los. 


Isso pode acontecer caso deseje ingressar em uma universidade, ou ainda, conseguir um emprego na área de atuação, uma vez que em ambos os casos, será necessário apresentar o diploma emitido no exterior. 


Além disso, o processo ajuda a trazer mais segurança e confiabilidade aos negócios e pessoas, visto que garante a validade legal dos documentos e evita que informações sejam fraudadas. 

Como realizar a tradução juramentada dos seus documentos?

O ideal é que se encontre um profissional ou empresa especializada para desempenhar tal função e certificar-se de que as informações serão traduzidas com a qualidade e confiabilidade necessárias. 


Hoje em dia, já é possível encontrar serviços especializados de forma totalmente digital, sem precisar dispor de um grande tempo destinado a processos burocráticos, como se deslocar até uma unidade física ou filas quilométricas em cartórios. 


A dica aqui, é pesquisar sobre a reputação da empresa, consultar opiniões de quem já realizou o serviço e avaliar se ela possui a experiência e qualificação necessária para realizar a tradução juramentada dos seus documentos. 


Além disso, é importante conferir se o trabalho executado corresponde com as exigências das autoridades brasileiras, de modo a evitar problemas futuros e dores de cabeça desnecessárias. 


Uma tradução feita de forma equivocada, pode resultar em atrasos nos processos seletivos e até mesmo uma possível negativa, dependendo do nível de erro do qual se trata. 


Portanto, procure sempre profissionais experientes, que dispõe de ferramentas modernas e atualizadas para executar sua tradução com a qualidade, precisão e excelência necessária.

Leia também...