Mulher acaba engolindo chip de cachorro junto de espetinho que comprou na rua

A vereadora do município da Estação Central, Michelle Tabilo, denunciou na Câmara Municipal, que uma moradora da região engoliu o microchip de um cachorro enquanto comia um espetinho na rua, o que teria afetado sua saúde.
A situação que se tornou pública na última terça-feira, 5 de abril, foi ratificada por um comunicado que Michelle publicou através do Facebook, onde indicava: "Caros vizinhos: ontem (...) denunciei o caso de uma vizinha que consumiu um espetinha na rua; ela chegou ao hospital devido a uma dor de estômago e infelizmente ele tinha um chip de um cachorrinho no estômago
Na mesma linha, a autarquia fez um apelo ao não consumo de produtos de rua e à posse responsável de animais de estimação.
Da mesma forma, Tabilo assegurou que solicitou uma “vigilância de alimentos no comércio ilegal”, para que este fato não volte a afetar os residentes daquela região.
Segundo informações oficiais, “o microchip de identificação é uma pequena cápsula, do tamanho de um grão de arroz.