Idoso de 90 anos se encanta e adota cadela que ficou 4 anos sem lar




Amor à primeira vista”. Foi assim que o idoso João Reinato, de 90 anos, resumiu o que ele sente pela cadela Mila, que ele acabou de adotar.

O encontro de João e Mila era algo quase que impossível de acontecer. O idoso vive na cidade de Dois Córregos, em São Paulo, enquanto a cadelinha vivia em um canil em Jaú, também no estado.

Em janeiro deste ano, o aposentado convidou o filho, João Aparecido dos Santos Reinato, de 65 anos, para ir ao canil de Jaú, já que adora visitar os animais.

Foi então que os dois se encontraram.

“Ele ama cachorros. O encontro com a Mila foi amor à primeira vista. Enquanto ele repetia ‘Mila, Mila, Mila’, ela olhava para ele com carinho”, contou o filho do idoso.

Quatro anos sem lar

Mila vivia no canil municipal há quatro anos. Por isso, para os administradores do canil, o encontro foi marcante e parecia que os dois estavam predestinados um ao outro.

“De repente, ele viu a Mila e aí tudo mudou. Parecia que a vida inteira eles estavam esperando por este momento. O final da história? Está fácil: com certeza eles serão amigos para sempre”.

João tem deficiência auditiva agravada por conta da idade. Ele vive em uma chácara e já tinha uma outra cadelinha, a Pipoca. No entanto, o idoso garante que a paixão dele por animais é grande o suficiente para ter uma nova “filha”.

“Mesmo que a Pipoca já tenha comido o aparelho de ouvido dele, ele não deixa ninguém mexer com as cachorras. Ele tem paixão pelos animais”, completou.