Dise faz grande apreensão de drogas em imóvel de Várzea Paulista



Grande quantidade de drogas foi apreendida em Várzea Paulista em ação de combate ao tráfico feita pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Jundiaí.

Um homem foi preso em flagrante. Ele já registrava inúmeros antecedentes criminais e chegou ao imóvel no momento em que policiais contabilizavam tijolos de maconha e cocaína a granel.

De acordo com o delegado Marcel Fehr, titular da Dise, o detido chegou a dizer que estava no imóvel para consertar uma geladeira. No entanto, não possuía ferramentas e também não soube dizer quem seria o morador que o teria contatado.

Ao todo, 81 tijolos de maconha foram apreendidos, além de três sacos plásticos contendo cocaína. Os entorpecentes poderiam render milhares de reais aos traficantes e agora devem ser destruídos com autorização da Justiça.

O local foi descoberto após denúncia de que no Jardim América havia um imóvel utilizado como ponto de distribuição de narcóticos. Ali, nenhum morador foi encontrado para permitir a entrada e, por isso, policiais precisaram subir em um muro.

De lá, notaram pela janela diversos tijolos aparentando ser de drogas, sendo constatado algum tempo depois que se tratava de maconha. Já a cocaína encontrada nos sacos também poderia encher diversos tubetes, que são os compartimentos usados por traficantes para a venda a usuários. Cada um custa em média R$ 10.

O detido foi levado à sede da Dise, em Jundiaí, e autuado em flagrante por tráfico. O crime tem pena de até 15 anos de reclusão, além de pagamento de multa ao estado.

Também é inafiançável e, por isso, ele foi recolhido em uma cela do Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar audiência de custódia, num prazo de até 24 horas da prisão em flagrante.

Imagem: Divulgação