Cão herói é baleado ao enfrentar ladrões que invadiram casa de família que o resgatou

 


Kei, um cãozinho adotado em 2020 por Sarah e Warren Lamont em Jahanesburgo, na África, mais do que alegria para a família, tornou-se herói, ao proteger os tutores em um assalto, tendo sido baleado para tanto.

Segundo informações da mídia local, o assalto aconteceu em um momento que a propriedade, que conta com muros altos e alarmes, estava desprotegida, já que o sistema de segurança havia queimado por conta de um raio. Cientes disso, segundo a polícia, os assaltantes planejaram o roubo e invadiram a residência.

Um dos alarmes chegou a tocar e Warren informou a empresa que havia sido engano, para depois ser surpreendido por dois assaltantes. 

O dono da casa conseguiu reagir e um dos ladrões acabou morto por ele, enquanto que o outro intruso foi até o quarto da filha do casal, que dormia com Holly, outro cachorro da família. O assaltante atirou duas vezes contra Holly, que não resistiu. 

Kie, que tentava proteger a menina, se atirou contra o assaltante, que tentou fugir ao ver que o comparsa havia sido abatido. O tiro atingiu o focinho de Kie, que continuou a persegui-lo pelas escadas, indo para o quarto do casal e depois buscando ajuda do lado de fora da casa.

Os tutores só encontraram Kie depois, no gramado, com uma hemorragia no ferimento. Ele foi rapidamente socorrido, em estado crítico e, felizmente, após passar por duas cirurgias, sobreviveu sem nenhuma sequela.

A história foi compartilhada pela Boksburg SPCA, que realizou o tratamento e também recebeu recursos como doação, depois que uma campanha online arrecadou fundos para os procedimentos de Kie.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia também