Repórteres da TV Globo são agredidos durante reportagem e terão que passar por cirurgia



Na tarde desta quarta-feira (3), os repórteres Renato Biazzi e Ronaldo de Souza foram agredidos enquanto gravavam uma reportagem sobre a situação da "Feira da madrugada", no Brás, no Centro de São Paulo.

Conhecido como "Feira da Madrugada", o local passou por reforma no ano passado, foi reinaugurado com uma nova estrutura e passou a chamar Circuito de Compras.

Um homem que segurava um cachorro amarrado a uma corrente se aproximou e começou a xingar os repórteres, que faziam imagens do local. Depois, partiu com a corrente para cima dos jornalistas, atingindo um deles.

O golpe acertou a mão do repórter cinematográfico Ronaldo de Souza. De acordo com a TV Globo, ele está bem, mas terá que fazer uma cirurgia.

Não ficaram claras as motivações do agressor, cujo objetivo era impedir o trabalho da imprensa.

No ano passado, uma reportagem do SP1 mostrou que milicianos controlam a venda de produtos piratas no bairro, exploram comerciantes e têm acesso antecipado aos dias das operações feitas pela Prefeitura de SP. A polícia investiga o caso.

A TV Globo repudia com veemência a violência, se solidariza com seus profissionais, e diz que tomará as medidas legais.

E adverte mais uma vez que todos aqueles que agridem com declarações o trabalho da imprensa estimulam esse tipo de ato.