Prefeitura apoia projeto Boca Social, em parceria com o Semeando o Bem



Com intuito de colaborar com a sociedade, utilizando o futebol como ferramenta e desenvolvimento social, a Prefeitura de Itupeva apoia o Projeto Boca Social, em parceria com o Projeto Semeando o Bem, que atua em prol da comunidade.

A Secretaria de Esportes e Lazer participa da parceria viabilizando o transporte para a execução do projeto.

A iniciativa foi idealizada pela moradora da cidade, Josi Moura, que é coordenadora do Projeto Semeando o Bem, que funciona no bairro Residencial Chalé (Fazenda Pinheiro). “A ideia da parceria com a Escola de Futebol Boca Juniors Itupeva era promover o contato da modalidade no bairro. Isso ocorreu no período de Natal. Porém, outra ideia surgiu por parte da Escola de Futebol Boca Juniors Itupeva, que propôs a realização do projeto utilizando a estrutura e metodologia da escola, de uma maneira inédita”, relembrou.

O diretor da Escola de Futebol Boca Juniors Itupeva, Jorge Polettini, explicou que outro propósito desta ação é reforçar a importância da educação, contribuindo para a formação dessas crianças. “O projeto possibilita uma troca de experiências muito afetiva, pois temos a satisfação de vê-los felizes, desfrutando de um momento tão prazeroso que é jogar futebol”, disse.

De acordo com o secretário de Esportes e Lazer, Robinson Toledo, o fato do município viabilizar o transporte para as crianças e adolescentes para a execução do projeto é uma grande satisfação. “O fato de estarmos contribuindo de alguma forma para o andamento desta iniciativa é muito gratificante. Estive aqui hoje representando o prefeito Marcão Marchi e seu vice, Alexandre Mustafa, para registrar o apoio da Prefeitura ao projeto”, destacou.

Na prática, o Projeto Boca Social que atende as crianças do Residencial Chalé ocorrerá toda 1ª quarta-feira de cada mês, das 9h30 às 10h30, para alunos na faixa etária de 8 a 15 anos. “Neste princípio, cerca de 20 crianças e adolescentes são beneficiadas pelo projeto, que desenvolve aspectos táticos, técnicos e psicológicos, que atendem as demandas do futebol, proporcionando o desenvolvimento sistêmico das crianças em diversas dimensões, como psicossocial, emocional e afetivo-social, a fim de contribuir com todos os pilares de ensino”, explicou o gerente esportivo da One, responsável pela gestão esportiva da Escola de Futebol Boca Juniors Itupeva, Marlon Salomão Lopes Nascimento.

Segundo Josi Moura, essa ação contempla crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e a participação de cada uma delas ocorreu mediante autorização de pais e responsáveis. “O comportamento e o desempenho escolar são os únicos requisitos para integrar o projeto”, detalhou.

Serviços – O Projeto Boca Social funciona nas dependências do Sport Center Itupeva, que atende na rua Américo Simões, 1.271, no bairro da Chave.