Bebê de sete meses foi violentamente atacado pelo cachorro pitbull da família: permanece internado em estado "crítico"



Em estado grave de saúde está um bebê de apenas sete meses que foi vítima de um violento ataque enquanto brincava com sua irmã mais velha na cidade de Morón, na Argentina.


A menor foi brutalmente atacada pelo cão de raça pitbull pertencente à família, o que lhe causou ferimentos graves no corpo, relata o TN .


Segundo informações preliminares, o animal pode ter ficado alterado por uma discussão entre a mãe da vítima e seu sogro, que ainda não foi confirmada pelos investigadores.


Alejandro, o pai da menina, concordou em contar o ocorrido e explicou que "o cachorro foi direto para o bebê, que está aprendendo a sentar. Ele a agarrou por trás, sacudiu-a".


Em consequência do exposto, o homem assegurou que naquele momento “ o animal estava solto em casa e vê-se que foi alterado e atacou a menina ”.


"Meu velho, vendo tudo, quase o enforcou para libertar a menina", disse Alejandro.


O estado de saúde do bebê

Sobre o estado de saúde da bebé, o pai revelou que "os médicos informaram-nos que ela tem várias costelas partidas e uma foi partida em duas, pelo que suspeitam, e o pulmão foi perfurado".


No momento, a menor permanece entubada, pois tem dificuldade para respirar. Paralelamente, a família solicitou a ajuda de pessoas que podem se aproximar do Hospital Posadas para doar sangue, já que a situação é “ crítica ”.