Um herói resgata cachorro preso em duto que já tinha perdido a esperança de sair dali


 Michael Vargas é um explorador urbano, mas nunca imaginou que seu hobby salvaria a vida de um cachorrinho que aceitou um destino trágico.

Durante suas viagens, Michael é encarregado de descobrir e documentar suas aventuras em cantos menos conhecidos da paisagem urbana.

Mas recentemente, durante uma dessas aventuras, ele encontrou alguém que não podia ignorar. Ao explorar um canal perto de sua casa, Vargas e seus amigos decidiram fazer uma pausa e tirar fotos de alguns grafites nas paredes. No entanto, essa parada aleatória no caminho levará Vargas a salvar uma vida indefesa.

“Nós estávamos apenas passando quando ouvi minha namorada dizer: ‘Santo Deus…! Um cachorro!’ Eu pensei: ‘Um cão?’”. Vargas disse ao portal The Dodo.

“Eu fiquei chocado. Eu não podia acreditar. Nesta pequena área de drenagem lateral, havia um cãozinho branco. Ele estava encurralado”.

Então Michael sabia que tinha que fazer alguma coisa. “Meu coração afundou”, disse ele. “Pensei: ‘Não posso manter esse cachorro aqui. Se deixarmos esse cachorro, ele está morto’.”

De acordo com o homem, ele levou cerca de uma hora para ganhar a confiança do cachorro o suficiente para atraí-lo para persegui-lo. “Ele estava com muito medo de nós”, disse Vargas. “Eu acho que ele estava tão confuso e fraco.”

A princípio, não se sabia exatamente como o cachorro acabou naquele lugar apertado e de difícil acesso, mas Michael acredita que é improvável que o cachorro tivesse vivido muito mais tempo se não fosse encontrado. Além de salvar a vida do cachorro, o aventureiro deu a ele uma segunda chance de viver uma vida feliz.


Cachorro de sorte

O casal pegou o cachorro e seguiu diretamente para uma clínica veterinária. Lá, descobriram que o pobre cachorro tinha alguns problemas que exigiam tratamento, que Michael fez questão de pagar. Além disso, ele também soube que o cachorro provavelmente já estava sofrendo ainda mais antes de ser resgatado.

“O médico especulou que ele poderia ter sido abusado. Não havia nenhum chip ou identificação. Chamamos os abrigos. Verificamos os perdidos e achados, vizinhos do lado”. Desde então, Michael decidiu adotar o próprio Rusty – fazendo do cachorro o tesouro mais doce encontrado em todos os seus anos como um explorador urbano.

“Depois de tudo, decidimos amá-lo. Ele é nosso“, relatou o novo tutor. “Ele está unido a mim. Eu não sei qual foi seu passado, mas estou tentando melhorar seu futuro. Faço isto há 12 anos e esta é a aventura mais louca que já tive até agora. Eu nunca salvei uma vida. Receber seu amor em troca é tão gratificante”.

Com informações de The Dodo.