Presidente das Filipinas ameaça com prisão quem for pego na rua sem ter tomado vacina

 

Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas (Reprodução)

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, anunciou em uma live nessa quinta-feira (6), que pessoas não vacinadas que forem pegas transitando poderão ser presas no país. "Devido ao fato de ser uma emergência nacional, minha posição é que podemos prender", disse ele.

A medida foi anunciada após os casos de Covid-19 triplicarem nas Filipinas em apenas dois dias. Vacinados também estão sendo orientados a ficarem em casa, embora não haja previsão de punição para eles por enquanto.

"Se a pessoa se recusar, se a pessoa sair de casa e circular pela comunidade, ela pode ser contida. Se ele se recusar, a polícia poderá prender as pessoas recalcitrantes", disse o presidente ultradireitista.





Nessa quinta, foram registrados 17.220 casos, maior número desde 26 de setembro do ano passado. Ao todo, o país, com 110 milhões de habitantes, têm mais de 51,7 mil mortes, sendo o com o segundo maior número de infecções e óbitos pela doença no Sudeste Asiático, atrás apenas da Indonésia. 

Até o final de 2020, 49,8 milhões de pessoas no país (cerca de 45%) haviam sido totalmente vacinadas.

Postar um comentário

0 Comentários