Mulher morre ao tentar salvar cachorros de tsunami


O corpo de uma funcionária de caridade britânica desaparecida, que foi arrastada ao tentar salvar seus cães no tsunami de Tonga, foi encontrado, revelou a família da vítima na segunda-feira.
“Eu entendo que esse terrível acidente aconteceu enquanto ela tentava resgatar seus cães”, disse seu irmão Nick Eleini, devastado, ao The Post.
O marido conseguiu se agarrar a uma árvore, mas sua esposa, que administra um abrigo de resgate de animais de rua, e seus cães foram arrastados.
O irmão de Glover confirmou que seu corpo foi encontrado na segunda-feira.

Sua morte é a primeira fatalidade conhecida do desastre, que foi causado pela enorme erupção submarina do vulcão Hunga Tonga Hunga Ha'apai, cerca de 64 quilômetros ao norte da casa de Glover.
Angela postou uma foto final assustadora no Instagram horas após a erupção do vulcão, dizendo que eles estavam sob alertas de tsunami.
"Está tudo bem... algumas ondas... alguns silêncios assustadores... um vento ou dois... depois silêncio", escreveu ela ao lado de duas imagens de um pôr do sol nebuloso.
Ela e o marido se mudaram do Reino Unido para Tonga cinco anos atrás, depois de se casarem, disse seu irmão.
“Angela e James amavam sua vida em Tonga e adoravam o povo tonganês”, disse Eleini.