Jovem é estuprada e espancada em Jundiaí




Na última quinta-feira (6), uma jovem de 23 anos, em Jundiaí, sofreu agressões e foi estuprada por um homem de 29 anos  que estava na recepção  da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vetor Oeste, após denunciar a equipe médica do local o que havia acontecido.  



O acusado foi detido e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil. A vítima disse as autoridades que  estava esperando uma locomoção no  ponto pelo ônibus para ir ao trabalho, quando surgiu o motorista de um Corsa que parou para pedir informações, ela não soube passar certas informações e em seguida, o rapaz desceu do veículo e começou a espancá-la até a mulher ficar inconsciente. 


Quando a vítima acordou estava em um quarto de motel com ele e lutou com o estuprador. Após o ocorrido o homem se ofereceu  para levá-la até a UPA, onde pediu socorro ao médico.


Por outro lado, o acusado negou, dizendo que encontrou a vítima já machucada no ponto de ônibus e pedindo socorro, declarou ser casado e que estava voltando para  casa e que a jovem se ofereceu para abastecer o seu carro e ir ao motel, e que após terem relações sexuais levou-a  para a UPA e se surpreendeu com a prisão.


A polícia Militar foi até o referido motel e no  quarto indicado pela vítima apreenderam o lençol sujo de sangue. Como o carro também tinha manchas semelhantes a sangue, foi apreendido e passará por perícia da Polícia Científica.




O acusado foi recolhido ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde vai aguardar decisão da Justiça.


(Fonte Jornal da Região)

Postar um comentário

0 Comentários