A pandemia no Brasil seria diferente com outro presidente? Historiador respeitado no mundo todo diz que não; vídeo

O Historiador escoces e professor da Universidade de Harverd, Nial Ferguson foi o entrevistado do Roda Viva nesta semana. E surpreendeu ao ser questionado se a pandemia no Brasil seria diferente com outro presidente? "Não faria muita diferença no resultado final da pandemia. A América Latina apresenta uma combinação de população mais velha, não muito saudável e um sistema ruim de saúde pública.

Niall Campbell Ferguson (Glasgow, Escócia, 18 de abril de 1964) é um historiador escocês. Leciona história na Universidade de Harvard, é um pesquisador em Oxford (sua alma mater), associado sénior no Instituto Hoover e na Universidade de Stanford e professor emérito da New College of the Humanities. Ele também é um comentador político, que escreve sobre história global, economia e finanças, além de questões a respeito de imperialismo britânico e americano. Niall, um neoconservador, é conhecido por suas opiniões controversas e diferentes.Ele escreveu livros como Empire: How Britain Made the Modern World, The Ascent of Money: A Financial History of the World e Civilization: The West and the Rest, todos que viraram séries de televisão do canal Channel 4.
Em 2004, ele foi escolhido como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time. Ele também é um colaborador do canal Bloomberg Television e é um colunista para a revista Newsweek. Ferguson foi conselheiro do candidato presidencial americano John McCain, em 2008, apoiou Mitt Romney em 2012 e foi crítico da presidência de Barack Obama. Na Europa, ele defendeu o movimento em favor do Brexit, em 2016, apoiou Marine Le Pen, a candidata de extrema-direita à presidência da França, e ainda apoiou uma maior aproximação dos Estados Unidos, da Rússia e da China, aconselhando o presidente americano Donald Trump a cultivar bons laços com o presidente russo Vladimir Putin e o chinês Xi Jinping. Em 2013, recebeu o prêmio Ludwig Erhard de jornalismo económico.

Postar um comentário

0 Comentários