Rainha e princesas da Corte da Uva 2021 são coroadas na abertura do Natal Iluminado



A abertura do Natal Iluminado em Itupeva foi marcada, na noite desta sexta-feira (10), por diversas atrações, entre elas, a coroação da rainha e das princesas da Uva.

A cerimônia foi próxima ao Coreto, no Centro, com a presença do prefeito Marcão Marchi, que destacou a importância deste momento para o município. “Esse evento significa uma retomada das atividades em nosso município. Foram tempos difíceis e hoje temos motivos para comemorar.”

Quem também esteve presente foi a secretária de Agricultura e Cultura, Valdirene Pavan. Ela explicou que a corte tem representatividade simbólica na cidade e se torna referência de elegância e beleza, demonstrando as tradições culturais de Itupeva, que se desenvolveu como produtora de uva. “Ver essas meninas aqui me faz lembrar a primeira vez que eu fui vinhateira, com 11 anos de idade. Agradeço por todas que participaram e parabenizo as eleitas”, enfatizou.

O anúncio das eleitas foi no dia 12 de novembro, no Facebook da Prefeitura, após votação do corpo de jurados.

A rainha Michelle Pazetto demonstrou alegria e emoção durante a cerimônia de coroação. “É inexplicável a sensação de representar Itupeva. Preciso agradecer a todos que me incentivaram a fazer a inscrição e que torceram comigo. Não tenho palavras para descrever o que é ocupar esse cargo hoje”, afirmou.

Já a primeira princesa, Janyelli Saar, salientou que essa ocasião foi muito especial. “Passei o dia muito ansiosa por esse momento da coroação. Estou muito contente por representar o município”, comentou.

A segunda princesa, Juliana Renzo, também enalteceu a coroação e disse que representar o município é extremamente gratificante. “Hoje posso dizer que é um misto de sentimentos, afinal é o primeiro concurso que eu participo. Representar Itupeva significa agradecer ao município e a todos os itupevenses que abraçaram a minha família quando nos mudamos para essa querida cidade”, resumiu.

Saiba mais - Durante o Natal Iluminado, de 10 e 23 de dezembro, os agricultores e produtores rurais terão um espaço na região central da cidade para comercialização dos produtos. A rua reservada é a Vicente Tartalha, ao lado da Igreja de São Sebastião (próximo ao Coreto).

Eles vão acompanhar o horário de funcionamento da Casa do Papai Noel, de segunda à sexta, das 18 às 20h30, aos sábados, das 15 às 18 horas, e aos domingos, das 9 às 12 horas.

São comercializados produtos como: vinho, cachaça, licores, gim, grappa, flores, uvas, vinhos, sucos, goiaba, hortaliças em geral, cogumelos e suculentas.