Oito acusados de planejar explosão de caixas eletrônicos são mortos em ação da PM



Oito homens suspeitos de planejar explodir caixas eletrônicos morreram nesta quarta-feira (8) em uma ação da Polícia Militar, em Araçu, na região noroeste do estado. Segundo a PM, o grupo estava em uma chácara. No local foram apreendidas dez armas.

A Polícia Militar disse que a identificação dos suspeitos ficará a cargo da Polícia Civil, mas informou que todos eram de São Paulo e tinham passagens por roubo de cargas e banco. O Instituto Médico Legal de Goiânia informou às 15h que estava a caminho da cidade para fazer a remoção dos corpos. Nenhum policial ficou ferido durante a ação. 

O coronel Marcelo Granja informou que o serviço de inteligência da polícia recebeu informações de que os suspeitos estavam em uma chácara da zona rural, quando foi montada uma operação, ainda na terça-feira (7). 

“Não sabíamos a quantidade de pessoas, apenas que estavam fortemente armados. Deslocamos para lá com a intenção de realizar a abordagem, fomos recebidos com disparos de armas de fogo e revidamos à injusta agressão”, informou

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos baleados foram levados para o Pronto Socorro de Araçu. Porém, nenhum deles conseguiu sobreviver. A direção da unidade informou que não poderia passar nenhuma informação sobre o caso. 


Foram apreendidos: 


Duas armas longas calibre .12 

Uma arma longa calibre .20

Cinco pistolas

Dois revólveres calibre .38

Três rádios comunicadores

Explosivos 

Celulares

 



Postar um comentário

0 Comentários