Mecânico itupevense sai para comprar pão no Natal e fica dois dias perdido em Praia Grande

 

Reprodução

O itupevense Cícero da Conceição, de 56 anos, virou notícia nesta semana após contar como, ao visitar pela primeira vez a cidade de Praia Grande, saiu para comprar pão, se perdeu e ficou dois dias sumido.

A inusitada situação começou na véspera de Natal, quando Cícero, que é mecânico de caminhões, decidiu passar o natal com um amigo na Praia Grande. 

Durante a noite, o homem decidiu sair sozinho para comprar pão e, depois de encontrar a padaria, não sabia como voltar para onde estava hospedado com o amigo. Sem o endereço e sem celular, após não conseguir encontrar o local, acabou acolhido por um ambulante para passar a noite. 

Após procurar o mecânico, o amigo foi até à delegacia para registrar o desaparecimento de Cícero e retornou à Itupeva, entregando os pertences à família e avisando sobre o desaparecimento. A família entrou em contato com outro amigo de Cícero, Rogério Mendes, com quem ele trabalha há cerca de sete anos em Jundiaí, que junto a outro colega e ao enteado de Cícera, foram até o litoral reiniciar as buscas.

Reprodução


Depois de percorrer hospitais e delegacias, o grupo, que tinha deixado a visita ao IML apenas para segunda-feira (já que estava fechado no domingo), estavam dando uma última volta na praia e a insistência foi recompensada, ao encontrarem Cícero sentado em um banco. "É um senhor analfabeto. Como era noite, saiu sem documento e sem o endereço de casa, aí se perdeu", explicou um dos colegas.

Rogério, o amigo que liderou a "expedição", contou que "quando ele viu a gente, ele se assustou, disse 'o que vocês estão fazendo aqui?'. Ele esperava que o amigo passasse por ali para encontrar ele. Só que o amigo já foi embora faz tempo".

Antes de retornarem para Itupeva, o grupo passou na delegacia para dar baixa no boletim de ocorrências de desaparecimento. Cícero passa bem e disse que só pensou em acionar a polícia depois, mas, felizmente, foi encontrado antes. 

Com informações do G1.