Morre pastor alemão da pm golpeado com uma estaca durante buscas

O pastor alemão Yno, da ronda ostensiva da Polícia Militar (PM), morreu na noite dessa sexta-feira (17). O cão foi ferido com uma estaca no pescoço durante a captura de um suspeito envolvido no sequestro de uma mulher em Sarzedo, na Grande BH, na última quinta-feira (16).
Yno foi levado em estado grave de helicóptero para o Hospital Veterinário da Faculdade Arnaldo, passou por cirurgia, chegou a apresentar melhora no quadro, mas teve infecções devido aos ferimentos e morreu.

Relembre o caso

Na última quinta-feira (16), uma jovem de 18 anos foi sequestrada por um homem, de 22, após ele não aceitar o fim do relacionamento. Ele contou com ajuda de dois comparsas, sendo um deles, o que fugiu após atacar o cachorro.
A vítima rompeu a relação há cerca de uma semana devido a agressões que sofreu do namorado. Na última quarta (15), quando estava com a mãe, ele se aproximou e disse: “Vai terminar mesmo?”. Em seguida, ele teria a colocado no carro a força.
A polícia foi acionada e descobriu que o dono do carro usado no crime nem sabia o que estava acontecendo. Militares então iniciaram uma perseguição contra o trio, que foi de Sarzedo a Igarapé, na Grande BH, onde houve troca de tiros. Ninguém ficou ferido.
A jovem foi resgatada e o ex-namorado fugiu por uma mata. Ela repassou à PM informações sobre os suspeitos que participaram do crime e, um deles, foi localizado em uma UPA. O ex-namorado e outro comparsa ainda não foram detidos.

📸 Divulgação/PM
Fonte: Itatiaia #AlôUberlândia #FiquePorDentroDeTudo #Notícias #CãoMilitar #MinasGerais #Uberlândia #Brasil #Compartilhe #Cão #Yno