Mulher que se diz feminista vandaliza protesto pró-vida e diz que ‘vai continuar matando bebes’” - Itupeva Agora

Agora

11/22/2021

Mulher que se diz feminista vandaliza protesto pró-vida e diz que ‘vai continuar matando bebes’”

A Saint Louis University teve que abrir uma investigação após um memorial pró-vida ser vandalizado no campus.

O grupo dos Estudantes da Universidade de Saint Louis pela Vida havia montado um memorial projetado para homenagear as vidas perdidas por aborto, colocando 1.000 bandeiras dispostas em forma de cruz. Uma bandeira representava 800 abortos, com a cruz representando o total de 800.000 abortos.

Infelizmente, a cruz foi vandalizada. Em um vídeo, um dos estudantes pró-vida filmou duas garotas arrancando as bandeiras do chão e vandalizando o local. O rapaz que estava gravando, perguntou os seus nomes, e uma delas o mandou para o inferno.

"Vocês poderiam, por favor, não tocar neles? Não são sua propriedade", disse Isabelle Hotard, presidente do grupo de Estudantes pela Vida da Universidade de Saint Louis, aos indivíduos, sendo totalmente ignorada.

Hotard disse à Fox News que o corpo discente da Saint Louis University é "extremamente esquerdista".

"É uma espécie de câmara de eco no campus [da Universidade de Saint Louis], todo o nosso campus é extremamente voltado para a esquerda, então você encontra muitas pessoas, especialmente entre os alunos em posições de autoridade, que serão muito mais tolerantes com crenças esquerdistas em vez de crenças direitas ", disse Hotard.

Nick Baker, membro do Students for Life, disse que foi abordado e duramente ofendido por um dos indivíduos que tentou remover as bandeiras da exibição na quarta-feira

"Você é um misógino nojento e o carma vai acabar com você", disse o indivíduo. "Você verá isso quando morrer e, com sorte, você vai para o inferno."

"Você pode ver minhas fotos, pode ver como sou bonita, como tenho uma vida boa. E o que você tem? Você é um perdedor do caralho", acrescentou ela. "Você realmente gosta da sua vida, porque eu vou aproveitar a minha. E vou continuar matando bebês."

Baker disse à Fox News que começou a gravar a cena cerca de dez segundos de conversa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas