Projeto de estacionamento rotativo foi debatido em audiência pública na Câmara de Itupeva - Itupeva Agora

Agora

11/23/2021

Projeto de estacionamento rotativo foi debatido em audiência pública na Câmara de Itupeva



A Câmara Municipal realizou, nesta terça-feira (23/11), audiência pública em que foi debatido o Projeto de Lei nº 1.721, de autoria do Executivo, que regulamenta o sistema de estacionamento rotativo nas vias e logradouros públicos do município e autoriza a outorga e concessão do serviço público.

O secretário Municipal de Assuntos Jurídicos e Fundiários, Percy José Cleve Kuster, fez uma rápida apresentação do projeto “ESTAR I” antes que a palavra fosse aberta ao público presente, que teve a oportunidade de se manifestar e fazer perguntas.

Representantes dos comércios, como a presidente e o vice-presidente da ACE - Associação Empresarial e Comercial de Itupeva, Ana Lúcia Tonoli e Roberto Freitas Azevedo, respectivamente, assim como cidadãos que também demonstraram interesse e preocupação com o desenvolvimento da cidade, manifestaram sua opinião e fizeram questionamentos.

Em seguida, os vereadores também fizeram suas ponderações, tiraram dúvidas e apontaram ideias de emendas que devem ser apresentadas ao projeto, que segue em trâmite na Câmara Municipal. 

Nós temos um objetivo comum, apesar das ideias divergentes, nós queremos aquilo que nós entendemos ser melhor para nossa cidade. Nós precisamos buscar o ponto de equilíbrio e isso só vem quando a gente reúne o maior número de informação possível e com muita disposição para fazer a adequação que for necessária”, comentou o presidente da Câmara, o vereador Jota Júnior, ao explicar que o projeto vai ser estudado e analisado pelos parlamentares para que, só então, possa ser levado a plenário para votação. “Vamos discutir o tempo que for necessário, porque Itupeva merece que a gente estude mais, que a gente planeje mais, que as decisões sejam pautadas pelo interesse coletivo e é isso que vamos fazer”, finalizou. 

O acesso do público foi liberado com capacidade reduzida, seguindo as recomendações sanitárias e apenas para os assentos sinalizados, sem autorização para aglomerações.

O uso de máscara de proteção facial também continua obrigatório para todos durante a permanência nas dependências da Câmara, bem como a observância do distanciamento, além da obrigatoriedade da aferição de temperatura corporal para o acesso e higienização das mãos com álcool em gel - há diversos pontos disponíveis na Câmara.

A audiência pública foi transmitida em tempo real no canal oficial da Câmara no YouTube (www.youtube.com/itupevaaovivo), onde se encontra disponível na íntegra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas