Padre da Diocese de Jundiaí morre aos 85 anos - Itupeva Agora

Agora

11/03/2021

Padre da Diocese de Jundiaí morre aos 85 anos



A Diocese de Jundiaí informa a triste notícia do falecimento de um de seus presbíteros mais queridos, o Monsenhor Durval de Almeida.

As consequências em decorrência de um Acidente Vascular Encefálico Isquêmico sofrido em 2 de outubro foram as causas da morte do presbítero. Monsenhor Durval tinha 85 anos e morreu na Casa dos Presbíteros São João Maria Vianney, em Jundiaí.

O Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, e os irmãos presbíteros lamentam a morte do Monsenhor Durval e agradecem a Deus pelo dom da vida deste irmão, confiando à misericórdia de Deus sua alma, na certeza da ressurreição.

Informações sobre velório, Missa de corpo presente e sepultamento do corpo

O velório do Monsenhor Durval de Almeida será realizado na igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora da Candelária, em Itu, a partir das 12h.
Será celebrada a Missa de Exéquias às 14h, e o sepultamento ocorrerá após a missa, no Cemitério Municipal de Itu.

Breve Biografia

Padre Durval era conhecido por seu desapego, pela personalidade agregadora e por ser um amante de futebol. Por meio dele inúmeras comunidades paroquiais foram criadas. Ele foi modelo de verdadeiro pastor de ovelhas, tornando-se um exemplo a ser seguido pelos padres mais jovens. Caso do Padre Eduardo Tocachello, que por vezes testemunhou a importância do Monsenhor Durval em sua vida, o incentivo que recebeu encorajando-o em sua decisão de dizer sim à sua vocação sacerdotal.

Por tanta dedicação e zelo, em 2003, ele recebeu o título de “Monsenhor” do então Bispo de Jundiaí, Dom Amaury Castanho (3º Bispo Diocesano).

Nascido em Itu, no dia 15 de junho de 1936, Durval de Almeida foi ordenado presbítero no dia 28 de junho de 1968, assumindo o primeiro ofício de pároco na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Guarulhos, onde ficou por 20 anos. De volta a sua cidade natal, foi um dos fundadores da Paróquia São Camilo de Léllis, onde permaneceu por 11 anos e de onde saiu para assumir o ofício de pároco na Paróquia Nossa Senhora da Candelária. Lá, serviu por outros 12 anos. Foi reitor Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus (Igreja do Bom Jesus), por sete anos. Por muito tempo também esteve à frente da comissão da Festa Italiana de Itu.

Aos 82 anos, em 28 de junho de 2018, Monsenhor Durval de Almeida comemorou seu Jubileu de Ouro de Ordenação Presbiteral e como Pároco Emérito assumiu a função de orientador espiritual na Igreja Nossa Senhora do Patrocínio. Suas celebrações sempre contaram com a Igreja lotada. Em todas as segundas-feiras promovia a “Oração em Família”, quando era rezado o terço na casa de diferentes pessoas, na região central de Itu.

Desde março de 2020 até a sua enfermidade, Monsenhor Durval residia na Casa dos Presbíteros São João Maria Vianney. 

A Diocese de Jundiaí agradece a Deus pelo testemunho deste servo bom e fiel que se dedicou ao anúncio do Evangelho.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas