Na reta final para o Enem, pedagoga dá dicas para turbinar os estudos - Itupeva Agora

Agora

11/19/2021

Na reta final para o Enem, pedagoga dá dicas para turbinar os estudos

 


Otimização do tempo e foco na saúde mental são primordiais, diz mestra Tânia Maria Gebin de Carvalho, coordenadora de Pedagogia do UniMetrocamp Wyden


Às vésperas para a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos dias 21 e 28 de novembro, otimizar o tempo de estudo e privilegiar a saúde mental pode ser determinante para o desempenho dos estudantes. A coordenadora do curso de Pedagogia do Centro Universitário UniMetrocamp Wyden e mestre em Educação, Tânia Maria Gebin de Carvalho, lembra que a preparação emocional é tão importante quanto a preocupação com o conteúdo.

 “A inteligência emocional é de grande importância, para a preparação de uma prova. Por isso, deve ser priorizada. O estudante precisa cuidar, além dos estudos, da saúde emocional, ademais, é ela quem vai possibilitar que os estudantes aprendam de forma eficaz”, afirma a professora.

 O primeiro passo, segundo a pedagoga, é o autoconhecimento. “Controlar as emoções, principalmente a ansiedade, auxilia o estudante, para que tenha foco e engajamento nos estudos”, explica Tânia. Outro fator importante para que haja engajamento e foco nos estudos, é a busca por metodologias que desafiem a vontade de permanecer com vontade de aprender, para enfrentar os desafios propostos por avaliações como o Enem e os vestibulares.

 Um exemplo prático é trocar o método de estudo, por exemplo, caso perceba que não está rendendo ou com dificuldades de aprendizado. “Se você está fazendo um simulado e percebe muitos erros, e um cansaço mental, pare um pouco e dê um tempo para seu cérebro. Deixe a frustração de lado fazendo exercícios respiratórios, talvez uma pequena caminhada, ou aquilo que contribua para lhe trazer tranquilidade. Em seguida, volte ao estudo.  Pense também em outras estratégias, como construir um mapa mental que lhe permite uma visão mais macro do tema, sínteses, mas entendendo que a melhor solução está em você”, lembra a professora.

 Para quem está perdido na preparação com a proximidade da prova, Tânia indica que o estudante identifique, primeiro, quantas horas por dia e quais materiais deverão ser utilizados. A partir daí, como sugestão, montar um cronograma, dividindo as matérias a serem estudadas e os métodos de estudo em que melhor se adapte de acordo com cada disciplina, sugere a professora.

 A última dica é para a temida redação. “Para isso, esteja atento aos temas mais relevantes na atualidade, leia notícias de fontes seguras e de imprensa confiável, evite leituras de artigos de fontes desconhecidas e que costumam ser compartilhadas nas redes sociais, as famosas “Fake News”. Treine a redação, a partir de orientações de especialistas na área, escrevendo textos dissertativos e argumentativos com embasamento teórico e factual. Antes de fazer a redação, ou responder qualquer questão da prova, leia atentamente o que se pede, para que seja realizado exatamente o que está sendo solicitado no enunciado.”, encerra a professora do UniMetrocamp Wyden.

 

Sobre o Centro Universitário UniMetrocamp Wyden

A Wyden, rede nacional com dez instituições de ensino superior e com presença nas Regiões Norte, Nordeste e Sudeste do País. Com mais de 50 mil alunos, a rede oferece cursos de graduação e pós-graduação nas modalidades presencial, semipresencial e a distância, incluindo áreas de gestão e negócios, engenharias e ciências da informação, ciências, saúde, mídia e tecnologia. Qualidade de ensino e boa infraestrutura são dois pilares importantes para todas as instituições da marca. A Wyden acompanha também as melhores práticas da academia e do mercado para sustentar sua posição de referência de ensino nas regiões onde atua.

O Centro Universitário UniMetrocamp Wyden é referência em educação com qualidade e inovação desde 2002, oferecendo aos alunos educação de padrão internacional, por meio de um corpo docente especializado, infraestrutura de nível mundial – com 29 laboratórios para os cursos específicos, de última geração, 15 laboratórios de informática, 05 clínicas de saúde, bibliotecas com acervo atualizado e salas de aula modernas – além de programas de suporte ao aluno (Care) e programas internacionais, como curso de inglês, intercâmbio e palestras com professores estrangeiros. Com 18 anos de experiência em Campinas/SP, a instituição investe constantemente para formar cidadãos profissionais com experiência de aprendizado internacional, capazes de suprir as demandas do mercado de trabalho, bem como atingir seus objetivos educacionais e de carreira.

 

Informações para a imprensa – Fibra Comunicação
Alessandra Marques 11 97119.0188 / [email protected]

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas