Globo criou papai-noel gay? - Itupeva Agora

Agora

11/25/2021

Globo criou papai-noel gay?



Circula entre grupos de WhatsApp um vídeo em que um homem, ao mostrar um trecho de uma chamada do G1 falando sobre uma propaganda com um Papai Noel gay, se indigna no fim dizendo que "a Globo f... até o Papai Noel, agora tem o Papai Noel gay também, é o fim". 



A mensagem fez muitas pessoas acreditarem que a propaganda é da Rede Globo, quando na verdade, se trata de um comercial dos Correios da Noruega, celebrando os 50 anos do fim da proibição de relacionamento entre pessoas do mesmo sexo no país. 

No vídeo, cortado propositalmente de forma a não revelar a origem do comercial, é possível perceber que a apresentadora chega a dizer "natal dos Correios deste ano". Ao que tudo indica, o autor do vídeo cortou propositalmente o trecho para atribuir o vídeo à rede Globo e instigar críticas ao canal de TV. 

Lembrando que em 2019, STF decidiu que declarações homofóbicas podem ser enquadradas no crime de racismo; com pena de 1 a 3 anos, podendo chegar a 5 em casos mais graves.


Saiba mais sobre o vídeo que não tem NENHUMA RELAÇÃO com a Globo


A celebração de 50 anos do fim da proibição de relacionamento entre pessoas do mesmo sexo na Noruega está sendo comemorada pelos correios daquele país com uma propaganda inusitada e que gerou certa polêmica por trazer Papai Noel em um relacionamento homossexual. 

No vídeo com temática natalina, , intitulado "Quando Harry conhece Noel", um homem adulto desenvolve uma grande amizade com o Papai Noel, ao receber sua visita todos os anos, no Natal. Perto do fim, ele escreve uma carta revelando que a única coisa que ele quer de natal é o Papai Noel.

Enfim, o Papai Noel o visita dizendo que arrumou uma ajudinha naquele ano para a entrega de presentes (no caso, os Correios), para que pudessem ficar mais tempo juntos e eles se beijam, com a legenda: "Em 2022, a Noruega marca os 50 anos de que é possível amar quem você quiser". 

Nos últimos anos, os Correios da Noruega investiram em campanhas de forte apelo, como em 2019, que apresentaram José, pai de Jesus, como um carteiro em Belém e uma sátira ao ex-presidente americano Donald Trump, que havia perdido a reeleição no ano passado, com o tema "Faça o Natal Grande de Novo". 

9 comentários:

  1. Palhaçada. Fuderam mesmo o papai noel. Mada contra homosexualismo, mas tem limites. Nao precisa forçar tanto, mostrar tanto, chega a ser um incentivo. O mundo ta ficando uma merda.

    ResponderExcluir
  2. Não acredito nisso alguém faz alguma coisa para parar essa Globo tudo nela tem que ter um conteúdo gay.

    ResponderExcluir
  3. E o que tem Aver passar um comercial da Noruega aqui no Brasil, muito tendenciosa

    ResponderExcluir
  4. Essa Rede Globo do capeta tem mais que acabar mesmo! Cara de pau dessa apresentadora do cão. Nos anos 80 tinha respeito até os comerciais eram bons. Agora essa turma dos quintos dos infernos de lacradores da puta que pariu. Assim que decretar falência, morte dessa rede de turma de verdadeiros lixos, eu vou soltar uma caixa de foguetes. Vai para o inferno Rede lixo, esgoto, escoria, vermes monte de esterco. destruidora de família. só que agora o povo esta contra vocês, sues estrumes.

    ResponderExcluir
  5. Acho desnecessário passsar na Globo..por que isso em será que a religião está abaixo de lgbt .

    ResponderExcluir
  6. Isso é uma vergonha, estão querendo destruir a família tradicional. É preciso criminalizar essas pessoas.

    ResponderExcluir
  7. Os "espertos" dos comentarios esqueceram de ler a reportagem... Não foi a Rede Globo quem criou, mas sim os Correios da Noruega.

    1. Não se diz homossexualismo e sim homossexualidade. Se mostra pq existe. Não é um incentivo.

    2. Não sei onde passar dois homens se beijando destrói a família. Ou será que quem comenta isso é pq quer mesmo destruir sua família por um beijo?

    3.Cono se destrói família com um beijo, sério, queria saber.

    4.Se religiosos podem se expressar, pq LGBT+ não poderiam?

    ResponderExcluir

Notícias relacionadas