Cansado do Brasil? Aprenda a imigrar com segurança para Portugal - Itupeva Agora

Agora

11/04/2021

Cansado do Brasil? Aprenda a imigrar com segurança para Portugal




Morar em Portugal é algo que muitos brasileiros querem fazer. No entanto, antes de chegar no país é fundamental conhecer as normas para residir nele. Os fatores que envolvem a modalidade do visto são os principais itens que devem ser analisados antes de imigrar. 
Para morar em Portugal existem outros tipos de visto que não envolvem parentesco ou ancestrais, mas podem ser adquiridos legalmente de forma razoavelmente simples. Um deles é o visto D7, que pode ser solicitado por aposentados, pensionistas e pessoas que possuem renda passiva. 
Existem alguns requisitos, mas uma das principais dúvidas sobre essa modalidade de visto é se as pessoas que o solicitam precisam do valor de subsistência para ao menos 12 meses em Portugal, que na verdade é sim uma das exigências para o D7. Além disso, é importante ressaltar que se houver reagrupamento de parentes e familiares será necessário ter o valor para subsistência destes em uma conta bancária do país. 
No momento, há também novas regras na imigração devido a pandemia do novo coronavírus. Para morar no continente europeu é necessário seguir as normas que abrangem todos os países da União. 
Aqueles que têm posse do título de residência e tenham tomado a vacina para Covid-19 em Portugal irão receber o certificado digital da União Europeia que é fundamental para entrar no país. Outro documento que deve estar junto ao título é o passaporte vigente e o Green Pass, que deve ser apresentado na imigração. 
Ainda assim, é necessário permanecer atento às normas, que podem mudar em breve, de acordo com a evolução do quadro epidêmico. É possível acompanhar as informações e conhecer outras modalidades de visto diretamente no site da DSG, órgão regulador da imigração do país. 

Sobrenomes com direito a cidadania Portuguesa


Segundo o Portal Cidania4U é possível realizar o processo de reconhecimento caso o progenitor com cidadania portuguesa do descendente ainda esteja vivo ou não. O pedido de cidadania portuguesa pode pular uma geração. Quando isso acontece, é necessário apenas comprovar os laços com a comunidade portuguesa por meio de uma documentação mais farta, entretanto, ainda é possível. 

CIDADANIA PORTUGUESA PARA BISNETOS


No caso dos bisnetos o assunto fica um pouco mais complexo. Não existe uma regra necessariamente específica para a solicitação, mas tal qual o caso de filhos e netos, é necessário comprovar ligações com a comunidade portuguesa, e o requerente precisa que seus pais ou avós tenham a dupla cidadania, para que só depois, faça sua requisição. 

A regra segue até os trinetos


O mesmo padrão que vimos mais acima (dos bisnetos), vale também para os trinetos. Uma vez que você, descendente e trineto de um português, só poderá requisitar sua cidadania portuguesa uma vez que seus avós ou seus pais tenham reconhecido a cidadania deles. 

Depois desse reconhecimento, você pode fazer o pedido de sua cidadania. 

Cônjuges também têm direito?


Cônjuges de cidadãos portugueses também têm direito a ter a cidadania portuguesa reconhecida. Basta que o casamento com um cidadão português, nato ou reconhecido, tenha uma duração de mais de três anos. Desde que a comprovação seja feita, o casal pode usufruir do “compartilhamento” da cidadania portuguesa, mesmo que não existam laços sanguíneos de ancestralidade portuguesa. 
PS: Vale lembrar que o mesmo funciona para casais que têm união estável e não necessariamente o casamento convencional. 
Alguns sobrenomes de origem portuguesa que são bastante comuns, são: 
Santos;
Silva;
Costa;
Jesus;
Oliveira;
Pereira;
Ferreira;
Lopes;
Gomes;
Rodrigues;
Gonçalves;


Qual o custo de vida em Portugal?


Segundo o site Eurodicas o custo de vida em Portugal gira em torno de 1.500€ a 2 mil euros para duas pessoas. 
Mas é importante ter em mente que são vários os fatores que influenciam no custo final, desde a cidade, até o número de pessoas na família, passando ainda pelo padrão de vida estabelecido. 

O custo de vida em Portugal é alto?

Se comparado aos demais países europeus, o custo de vida em Portugal não é alto, pelo contrário, é o mais baixo entre os países da Europa Ocidental. Confira matéria completa sobre o custo de vida em Portugal clicando aqui

Profissões em Alta em Portugal


Segundo o site Nacionalidade Portugesa entre os profissionais requisitados em Portugal estão: 

Data Scientist – TI 

Os cientistas de dados são profissionais requisitados em Portugal. Os salários podem variar bastante de acordo com o nível de experiência, a qualificação e a formação do trabalhador. Entretanto, se você trabalha na área de Data Science, engenharia e ciência de dados pode ter certeza que terá muitas entrevistas de emprego pela frente. 

Engenheiros de informática 

Segundo o presidente do Instituto Superior Técnico de Portugal faltam entre 15 a 20 mil engenheiros de informática ou engenheiros informáticos, como são chamados em Portugal. A necessidade é para dar uma resposta à enorme procura em inteligência artificial. Segundo Arlindo Oliveira, do Instituto Superior Técnico, há uma elevada rotatividade da área por ofertas melhores de trabalho. Por isso, também é importante que as empresas de TI valorizem seus bons profissionais e paguem o suficiente para mantê-los nessas posições. 

Analista de sistemas

Além disso, outra profissão em falta em Portugal são os analistas de sistemas e programadores. Sempre há vagas abertas e novas oportunidades de trabalho, tanto para empresas portuguesas, quanto para as multinacionais instaladas em Portugal. 

Gestores de risco 

Da mesma forma que os profissionais qualificados de TI são requisitados, os trabalhadores da área financeira também são procurados. Mais precisamente os gestores de risco e os controladores de risco. Há oportunidades nessa área principalmente na região metropolitana de Lisboa e em grandes empresas e instituições financeiras. 

Automação 

A área de automação também entra na lista das profissões em falta em Portugal. Há a demanda por técnicos de robótica, programadores CNC (de máquinas robotizadas) e também programadores de automação. 

Operações e Logística 

Já na área de logística, há a necessidade de contratação de técnicos de operação logística e responsáveis de entreposto logístico. Áreas com mais vagas para trabalhar em Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas