Alerta: Quadrilha armada está roubando carros na região de Jundiaí - Itupeva Agora

Agora

11/02/2021

Alerta: Quadrilha armada está roubando carros na região de Jundiaí



Segundo matéria da TV Tem publicada no Portal G1, a polícia procura por uma quadrilha armada suspeita de furtar e roubar motoristas e motociclistas em Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista (SP).

Três crimes foram registrados em um intervalo de quatro horas. Imagens de câmeras de segurança foram entregues para a Polícia Civil.

Em um dos casos, a ação dos criminosos ocorreu por volta de 19h30, em Várzea Paulista. Nas imagens é possível ver um carro estacionado atrás de uma árvore. Um dos bandidos atravessa a rua e disfarça quando 

Em poucos segundos, ele abre o carro e, na fuga, quase bate em um ônibus, que precisa frear. O dono do veículo só percebeu que havia sido vítima dos bandidos quando saiu do trabalho.

"É revoltante. Não tanto pelo valor do carro, mas pelo que a gente faz com ele. A gente depende para trabalhar. É o dia a dia nosso, né?", lamenta.

O segundo caso foi registrado uma hora e meia depois. O vídeo mostra os suspeitos passando várias vezes na calçada da mesma rua, que fica no bairro Vila São José, em Várzea Paulista.

Cinco minutos depois, eles voltam na outra calçada e anunciam o assalto. Em seguida, fogem levando o carro. A dona do veículo havia acabado de entregar alguns itens na casa de uma amiga quando ficou na mira de uma arma. "Apontou assim próximo à barriga. Aí eu só escutei outro que passou por trás falando onde estava a chave do carro. Aí eu falei que estava no carro, né? Ele já entrou no carro e já saiu com tudo: o carro, o celular, tudo." Por fim, às 23h20 da mesma noite, um carro roubado foi usado para assaltar uma mulher de moto em Campo Limpo Paulista. Um dos suspeitos estava armado. Assustada, a motociclista deixa o capacete cair. 

Em 20 segundos, os bandidos levam a moto. vítima, que tem 23 anos, conta que voltava para casa depois de um dia de trabalho quando foi abordada. 

Ela percebeu que estava sendo seguida. "Quando eu percebi que eles estavam me seguindo, eu tentei fugir, mas não deu certo. Na hora que eu cheguei na avenida, eles aceleraram um pouco mais e daí eles conseguiram anunciar o assalto", conta. Para as vítimas ficam o medo e o trauma. Quem vive e trabalha na região reclama que falta policiamento. "A gente trabalha tanto para conquistar o que a gente sonha e almeja para quatro caras covardes chegarem e levarem desta forma. Em menos de um minuto, levar o seu sonho", completa a motociclista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas