"Vão ter que me segurar": Vereador do PSL desmaia durante discurso em que defendia que pessoas trans usem o nome escolhido

 

Reprodução Youtube

O vereador Diego Espino (PSL) chamou a atenção nesta quinta-feira (28) ao desmaiar durante um discurso inflamado na sessão ordinária da Câmara de Divinópolis, em Minas Gerais. No momento, ele defendia um projeto que apresentou e que garante a pessoas trans o direito de usar o nome social. Segundo ele, montagens o acusando de promover a "ideologia de gênero" circulam pela cidade.

Bastante agitado, o vereador defende o projeto, reforça que está ali pelo certo e que é a solução já existe, "é o respeito". Ele chega a mostrar uma montagem feita com uma foto sua sobre ideologia de gênero, chama os criadores (sem identificá-los) de covardes e diz que também é contra muita coisa, mas que o certo é o certo e as pessoas trans tem o direito ao respeito e serem chamadas pelo nome que escolherem.





Em determinado momento, ao dizer que está na Câmara todos os dias, desafiar os detratores "para ver quem é macho", o vereador aparentemente sente um mal súbito, e parece ficar um pouco tonto, desmaiando logo após gritar o nome e dizer que "vocês vão ter que me segurar". 

Na internet, algumas pessoas brincaram que a frase não era uma ameaça e sim um "pedido de socorro", mas muitos elogiaram a postura do vereador, principalmente por se tratar de um parlamentar do PSL, partido mais conservador.

Segundo o portal O Tempo, o chefe de gabinete do vereador, Cléo Júnior, informou que ele foi atendido por um colega vereador que tem formação de enfermeiro e foi encaminhado a uma unidade de saúde, por conta da pressão arterial alta, mas logo se acalmou e foi liberado. 





Postar um comentário

0 Comentários