Uso excessivo de TikTok pode estar causando doenças em adolescentes, dizem os médicos


Especialistas disseram que um número crescente de adolescentes está sendo diagnosticado com tiques e eles acham que o TikTok pode ser um fator associado.

Médicos em vários países ao redor do mundo relataram um aumento significativo no número de adolescentes que os procuram relatando novos tiques - movimentos físicos involuntários - no último ano.

Agora, em uma série de estudos, foi descoberto que muitos dos adolescentes têm uma coisa em comum: antes de desenvolver os tiques, eles passavam um tempo assistindo a vídeos no TikTok de pessoas que afirmam ter tiques relacionados à síndrome de Tourette.

Os especialistas enfatizaram que, na maioria dos casos, os pacientes tinham diagnósticos existentes, incluindo ansiedade e depressão

Especialistas criticam o uso excessivo da rede social

O TikTok tem consigo a ideia de conteúdo simples, mas rico em comédia, danças, interpretações, dublagens e narrativas de qualidade.

Este aplicativo garante uma comunidade de compartilhamento de vídeo real, crua e sem limites. Os desenvolvedores deste aplicativo afirmam que ele é adequado para pessoas a partir de 12 anos, ou seja, engloba uma gama de pessoas muito grande.

Apesar disso, com a morte de uma criança na Itália, a plataforma começou a realizar bloqueio em contas de crianças com menos de 13 anos. A menina que morreu, sofreu um acidente enquanto realizava um dos desafios da rede. 

Os vícios no uso também são outro ponto para destacar visto  que adolescentes e jovens de machucam para gravar os vídeos ou então, criam padrões irreais de beleza (como os vídeos de amarrar um fone de ouvido na cintura para mostrar que é magra) e desenvolvem problemas de ansiedade e depressão. 

Embora os desenvolvedores o tenham feito para proporcionar diversão, ele se tornou um certo motivo de aborrecimento na sociedade. Aos poucos, tornou-se o requisito de todo adolescente para ser “legal”. Eles estão cada vez mais dependentes disso.

O suposto vício na rede social cria desavenças familiares e gera tensões maiores, até. O uso constante deste aplicativo tornou-se mais uma dor do que prazer para algumas pessoas.

Além disso, muitos críticos apontam que o App toma muito o tempo das pessoas que podem passar muito tempo desnecessariamente criando videoclipes.

Aqueles que desgostam do TikTok dizem que, ao invés de usufruir do tempo de maneira que façam algo para somar em seu futuro, trazendo resultados substanciais às vidas, muitas pessoas estão se desgastando ou se prendendo à plataforma para ter engajamento com um fim em si mesmo.

Já se sabe que as redes sociais causam problemas e distúrbios psicológicos, uma prova disso é o dono do Caracol Raivoso que não posta vídeos há mais de 3 anos: ao ser interrogado em algumas entrevistas sobre o motivo de ter parado, o ex-youtuber disse que estava desenvolvendo muita ansiedade e que só pensava nas gravações, que aquilo não fazia bem. 

Postar um comentário

0 Comentários