Região - Homem é preso suspeito de agredir ex-esposa e enteada de 12 anos com barra de ferro - Itupeva Agora

Agora

10/21/2021

Região - Homem é preso suspeito de agredir ex-esposa e enteada de 12 anos com barra de ferro

Segundo informações do portal G1 um homem foi preso na noite de quarta-feira (20) suspeito de agredir a ex-mulher e a enteada, de 12 anos, com golpes na cabeça causados por uma barra de ferro, em Cabreúva (SP).

Segundo a Guarda Civil Municipal, quando as equipes chegaram ao local, a adolescente já havia sido socorrida e levada para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Jacaré, mas o estado de saúde dela era considerado grave e a menina precisou ser transferida para o Hospital São Vicente, em Jundiaí (SP). A unidade informou que ela segue internada e sem previsão de alta.

A mãe ainda estava no local do crime e relatou à equipe que a briga se iniciou por ciúmes e que o agressor pegou a barra de ferro no veículo dele e passou a agredi-la com golpes na cabeça. A filha dela teria tentado ajudá-la e também foi golpeada diversas vezes na cabeça. A mulher também está internada em estado grave em um hospital particular de Jundiaí.

Ainda de acordo com a corporação, um vizinho ouviu os barulhos e foi até o local, acionando a Polícia Militar e também o serviço de emergência. O suspeito fugiu com o carro ao perceber que o vizinho se aproximou, batendo contra o portão da casa no momento da fuga.

Uma testemunha anotou a placa do veículo e as câmeras inteligentes passaram a monitorar o deslocamento do carro.

Em Itapetininga (SP), a Polícia Rodoviária visualizou o veículo dirigido pelo suspeito. Ele tentou fugir até a cidade de São Miguel Arcanjo (SP), onde abandonou o carro e tentou fugir a pé para uma área de mata. No entanto, a Polícia Militar conseguiu deter o rapaz.

Segundo o comandante da Polícia Militar Júlio César da Costa, o suspeito confessou o crime no momento em que foi detido. A ocorrência foi apresentada na delegacia de Itapetininga e o rapaz foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio.

Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas