Policial militar é preso em flagrante após agredir esposa com socos e chutes

Segundo matéria do portal G2 um policial militar de 43 anos foi preso em flagrante na tarde de quarta-feira (27) por suspeita de agredir a esposa e ameaçá-la de morte junto com o filho do casal, de apenas dois anos. O crime ocorreu na Vila Adonias, em Sorocaba (SP). De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atendimento de uma ocorrência envolvendo um policial da corporação. Quando chegou ao local, uma advogada de 36 anos informou que foi agredida verbalmente e fisicamente pelo marido, além de ser ameaçada. A vítima relatou à equipe que o marido é usuário de drogas e faz o uso de medicamentos controlados e que, desde a última segunda-feira (25), ele estava muito alterado e usava os remédios de forma irregular. Na quarta-feira (27), a vítima relata que o marido estava mais agressivo e teria agredido ela com socos e chutes, além de ameaçá-la de morte junto com o filho. Ela pegou o filho no colo durante a discussão, mas ele continuou empurrando-a, momento em que seu irmão interveio. O irmão da vítima e o marido foram separados por um vizinho, que acionou a Polícia Militar. Segundo o registro, o homem aparentava estar sob o efeito de drogas e pronunciava palavras desconexas, chegando a ofender a vítima. Os policiais foram informados de que o homem trabalhava como policial militar na Zona Leste de São Paulo e já havia sido internado para tratamento contra a dependência química. O agente não tinha arma particular e apenas usava o equipamento durante o turno de trabalho e depois disso devolvia. O suspeito foi levado para a Delegacia da Mulher de Sorocaba (DDM), onde permaneceu à disposição da Justiça. A vítima pediu medida protetiva contra o marido.

Postar um comentário

0 Comentários