Noiva fica ferida e irmão morre após explosão de bomba abandonada durante festa de casamento


Uma noiva foi levada à emergência de um hospital após uma bomba da 1ª Guerra Mundial explodir durante a festa de casamento, que ocorria em uma floresta na Ucrânia. O irmão dela morreu na explosão.
Lidiia Makarchuk, de 31 anos, foi atingida por estilhaços no rosto, nas pernas, nos braços e nas mãos. O noivo, Norbert, e outros convidados também acabaram feridos, porém com menos gravidade, de acordo com o "Sun". O acidente ocorreu no fim do mês passado.
Acredita-se que a explosão da bomba tenha sido provocada por uma fogueira feita na festa, que se deu em região dos Cárpatos, perto da Hungria.
Lidiia e Norbert, que moram em Bracknell (Inglaterra) desde 2017, escolheram o local pela beleza e pelas raízes familiares.
"Em um segundo eu senti como se alguém tivesse pegado uma pedra e jogado no meu rosto, especialmente no meu nariz", contou a noiva, uma contadora ucraniana. "Então eu senti um zumbido nos meus ouvidos seguido por um silêncio no qual eu podia ouvir apenas a mim mesmo. Eu me virei, cobri meu rosto com as mãos e comecei a orar por mim mesma. Então percebi que não era só eu. Todos estavam gemendo, todos estavam com dor."
A região do acidente foi campo de batalha entre as forças russas e as austro-húngaras durante o grande conflito, em 1916.
Sobre o cunhado morto, Norbert declarou:
"Nunca esquecerei o som da agonia mortal de Myroslav. Tentei enfaixar a cabeça dele e colocá-lo em posição de recuperação, mas era tarde demais. Ele lutou pela vida por duas horas. Ainda estou pensando, o que eu poderia ter feito mais? Por que não eu? Por que eles? Filmes de guerra são a coisa mais próxima do que vivi naquela noite, jamais esquecerei."
Lidiia ainda está internada, mas está se recuperando bem e já voltou a andar.

Postar um comentário

0 Comentários