Inglaterra retira Brasil da ‘lista vermelha’ e viajantes vacinados não precisarão cumprir quarentena



A Inglaterra anunciou nesta quinta-feira (7) a retirada do Brasil da “lista vermelha” para a COVID-19 e viajantes vacinados oriundos do país não precisarão cumprir com a quarentena obrigatória em hotéis em território inglês a partir de segunda-feira (11).

Segundo comunicado do governo inglês, viajantes oriundos do Brasil e de mais 46 países – que estiverem completamente vacinados – precisarão apenas apresentar um teste negativo para a doença, além do comprovante de vacinação.

A decisão, no entanto, diz que viajantes que não estiverem completamente vacinados ainda deverão cumprir com um isolamento de dez dias, mas não serão mais obrigados a cumprir esta quarentena em um dos hotéis vinculados ao governo.

O informe do governo disse também que os vacinados no Brasil serão reconhecidos como qualquer indivíduo britânico vacinado dentro do reino, contanto que tenham sido vacinados há pelo menos duas semanas com os imunizantes abaixo:

  • Oxford/AstraZeneca
  • Pfizer/BioNTech
  • Moderna
  • Janssen

A lista de vacinas aprovadas pelo governo britânico para viajantes internacionais não cita a da Sinovac (conhecida no Brasil como Coronavac).

Apesar de não especificar a Coronavac, o governo inglês reforça que todos os viajantes com vacinas que não constam na lista de vacinas aprovadas vão precisar completar 10 dias de autoisolamento, além de fazerem os testes.

(Fonte: G1/Imagem: Canva)

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!