Estudante é picada por lacraia durante a noite e faz alerta: ‘Dói muito, tomem cuidado’


Segundo matéria do Portal UOL, no último sábado (9), a estudante, Nataly Galdino, de 21 anos, acabou sendo picada por uma lacraia e precisou procurar atendimento às pressas em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) devido à intensa dor no local.
“Na hora senti uma ardência muito forte, parecia que estava queimando. Como estava escuro, minha reação foi levar a mão à boca e, quando senti algo pendurado, puxei. Mas não saía, levou alguns segundo para eu conseguir arrancar. Quando levantei da cama, corri e acendi a luz e vi a lacraia em cima das minhas cobertas”, disse ao Uol.
Ao chegar no pronto-atendimento, Nataly disse que sentiu sua garganta inchada e começou a apresentar dificuldades para respirar. Apesar disso, os médicos a tranquilizaram, dizendo que o veneno do animal não é capaz de fazer mal aos humanos.
A boca da jovem ficou muito inchada com a mordida "Olhei no espelho e vi que a minha boca estava inchada, me assustei, a dor era horrível. Gritei para chamar meus pais e meu pai veio correndo e conseguiu pegar a lacraia e colocar num vidro. Ela era enorme, do tamanho do meu celular”, lembra.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!