Tio diz que matou sobrinho para salvar família

 


Um homem de 50 anos foi preso em Aragoiânia, em Goiás, após confessar que matou o próprio sobrinho, Marcelo Batista de Almeida, de 27 anos. Segundo ele, traficantes haviam lhe dito que se ele não cometesse o crime, toda a sua família seria morta, já que o jovem tinha dívidas com o tráfico.

Marcelo estava desaparecido desde domingo (19), e o corpo dele foi encontrado nessa terça-feira (21), em uma estrada. 

O tio-avô acabou confessando o crime à polícia. Segundo contou, ele teria chamado o sobrinho para ir a uma fazenda onde trabalha e ali discutiram. O rapaz teria agredido o tio com um soco, que reagiu acertando-o com um pé de cabra, finalizando o crime com mais três golpes enquanto a vítima estava desacordada.

Reprodução Metrópoles






Ele relatou ter enterrado o corpo na mata, mas se arrependeu ao ver o desespero da família pelo sumiço. Então voltou ao local na madrugada para desenterrá-lo e deixá-lo na estrada, para que fosse encontrado.

A polícia informou que o homem era foragido por outro crime de homicídio. Ele foi preso em flagrante por homicídio qualificado com recurso que impossibilita a defesa da vítima e ocultação de cadáver.

Com informações do Metrópoles.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!