Polícia Federal cumpre mandato em Itupeva contra estaleiro em suposto esquema de fraude de meio bilhão


A polícia Federal realiza busca e apreensão em Itupeva e outras cidades na operação  Cavalo-Marinho que apura suspeitas de fraude fiscal e lavagem de dinheiro no ramo das embarcações de luxo. 

Além de Itupeva, são cumpridos mandatos nas cidades de Osasco, Barueri, Jundiaí, Mairiporã e na capital paulista. 

A investigação é contra uma empresa de embarcações que deve R$ 54 milhões ao o Estado de São Paulo e cerca de R$ 490 milhões para a União.

O suposto esquema de fraudes teria começado com o uso de laranjas na estrutura societária das empresas do grupo. Há suspeita de que a venda das embarcações ocorria com subfaturamento de valor.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!