Jundiaí - Homem é preso suspeito de torturar mulher e mantê-la em cárcere privado

Segundo informações do portal G1 um homem de 39 anos foi preso suspeito de torturar uma mulher, de 54 anos, e mantê-la em cárcere privado em uma pensão no centro de Jundiaí (SP). Segundo a vítima relatou para uma equipe da Guarda Municipal , ela teve os cabelos cortados e foi queimada nas costas com cigarro. De acordo a Guarda, os agentes foram acionados na tarde de domingo (19) para atender uma ocorrência de briga entre um casal. Quando os guardas chegaram ao local, encontraram a mulher ensanguentada e com hematomas no rosto. O suspeito estava deitado na cama do quarto. À equipe, a vítima contou que desde a noite de sábado (18) estava presa no quarto e foi agredida pelo suspeito. Além disso, ela teve os cabelos cortados e foi queimada nas costas com um cigarro. A Guarda Municipal informou que foi possível encontrar os cabelos da vítima espalhados pelo chão e também foi encontrada uma faca que teria sido usada para agredi-la. A mulher foi levada ao Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, onde recebeu atendimento médico. Já o homem foi preso em flagrante por lesão corporal, sequestro e cárcere privado. Ele foi levado ao Plantão Policial de Jundiaí e permaneceu à disposição da Justiça. Fonte: G1.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!