Adolescente é operado após inserir cabo USB no próprio pênis para medir o tamanho

 

Urology Case Reports/Divulgação

Um adolescente de 15 anos teve que ser operado depois que um cabo USB ficou preso dentro do próprio pênis. Segundo o BHAZ, o jovem relatou aos médicos que usou o objeto para tentar medir o tamanho do órgão.

O caso aconteceu em Londres, no Reino Unido, e foi publicado na revista científica Urology Case Reports. Segundo os especialistas, “as duas portas distais do fio USB foram encontradas projetando-se do meato uretral externo, enquanto a parte do meio do fio, com nós, permaneceu dentro da uretra. O paciente era um adolescente saudável e em boa forma, sem histórico de transtornos mentais”.





O relato também explica que o caso se agravou conforme o adolescente foi tentando remover o cabo, o que causou hematúria macroscópica (quando há infecção na bexiga ou uretra). Ele foi encaminhado a um hospital para realizar o procedimento cirúrgico com urgência.

Segundo os médicos, embora pareça, esse tipo de caso não é raro e não é incomum que objetivos precisem ser retirados de órgãos sexuais masculinos, como agulhas, alfinetes e fios de ferro. “As causas mais comuns de inserção de corpo estranho incluem curiosidade sexual, prática sexual e perturbações mentais, tais como limítrofe, esquizofrenia e distúrbios de personalidade bipolar”.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!