Ticker

6/recent/ticker-posts

Vereador Duzinho se posiciona contra o racismo

VIA ASSESSORIA DO VEREADOR DUZINHO - Qual foi a fala de lamúria do primeiro negro na Senzala brasileira?

O repúdio é a única postura que encontro diante de atos que vitimem pessoas de etnia distinta, isto é, que sejam uma pessoa negra, branca, amarela ou vermelha, não existe uma causa justificável para desprezar uma pessoa por causa de sua pele.   

Hoje estamos indignados, por recebermos uma denúncia grave, acerca de uma criança que está enclausurada em sua residência, desenvolvendo complexo por ter sofrido racismo e não entendendo as motivações agressivas que levaram outras crianças a agirem assim e até sobre adultos que não se posicionado sobre a questão, sendo a única via de ajuda e recurso de socorro. 

E para os que creem ser a pele de alguém o que destaca alguém, principalmente acerca da causa do NEGRO, usurpado em seu direito de ser e estar, justificado pela cor de sua pela, deixo um poema em destaque.

Quando eu nasci, era preto; Quando eu cresci, era preto; Quando eu pego sol, fico preto; Quando sinto frio, continuo preto; Quando estou assustado, também fico preto; Quando estou doente, fico preto; E, quando eu morrer, continuarei preto; E você, cara branco Quando nasce, você é rosa; Quando cresce, é branco; Quando você pega sol, fica vermelho; Quando sente frio, fica roxo; Quando você se assusta, fica amarelo; Quando está doente, fica verde; Quando você morrer, você ficará cinzento E você vem me chamar de Homem de cor? (Poema de criança Africana) 

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!