Prefeitura vai organizar VII Conferência Municipal de Assistência Social de Itupeva

Após uma série de pré-conferências, Itupeva terá, no dia 27 de agosto, das 9 às 17 horas, no Centro de Convivência do Idoso (CCI), a VII Conferência Municipal de Assistência Social, com tema central: ‘Assistência Social: Direito do povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social’.

O evento é organizado pelo Conselho Municipal de Assistência Social de Itupeva (COMASI).

As Conferências Municipais de Assistência Social são importantes espaços de deliberação e participação social. Através de propostas coletivas, visam avaliar a Política de Assistência Social e oportunizam a discussão de diretrizes para o aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social.

Neste ano, as discussões estão divididas em cinco eixos:

EIXO 1 -
 A proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais no enfrentamento das desigualdades.
EIXO 2 – Financiamento e orçamento como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.
EIXO 3 – Controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS e a importância da participação dos usuários.
EIXO 4 – Gestão e acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais e proteção social.
EIXO 5 – Atuação do SUAS em Situações de Calamidade Pública e Emergências.



Pré-Conferências - Com objetivo de ampliar a participação social, as contribuições também estão acontecendo com reuniões de Pré-Conferências. Na terça-feira (3), ocorreu a 1ª Pré-Conferência no CRAS Parque das Hortênsias.

Já, na sexta (6), a partir das 10h30, será a 2ª Pré- Conferência, desta vez na EMEFEI Jardim Vitória, na rua Plínio Cordeiro e Silva, nº 68, Jardim Vitória.
E também na sexta (6), a partir das 13h30, a 3ª Pré-Conferência no CRAS Parque das Hortênsias, na rua Miguel dos Santos, nº 324, Parque das Hortênsias.

Os interessados também podem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), onde são atendidos para receberem orientações.

“O controle social e a participação popular são relevantes fatores para a consolidação de uma sociedade democrática. A partir do acolhimento das contribuições dos cidadãos, acredito que poderemos caminhar em direção a uma sociedade mais justa e igualitária. Nesta perspectiva, é de suma importância que a população participe destes espaços, onde coletivamente possamos construir os nossos direitos”, comentou Mariana dos Santos Neves, Assistente Social do CRAS Parque das Hortênsias e membro da Comissão Organizadora da Conferência Municipal de Assistência Social.

Quem pode participar – Podem participar representantes do poder público e da sociedade civil, além dos usuários, gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social das unidades públicas.

A participação dos representantes e trabalhadores de entidades e organizações de assistência social que executam serviços e programas sócios assistenciais também é fundamental.

Outros segmentos também são convidados para Conferência e podem contribuir no processo de avaliação da política de assistência social como gestores e representantes das demais políticas setoriais, representantes de conselhos, defesa de direitos, representantes dos Poderes Legislativo e Judiciário, entre outros representantes da sociedade civil e autoridades.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!