Prefeito Marcão Marchi conhece programa habitacional de Limeira. Itupeva também terá programa de Casa própria.



O objetivo da reunião foi a apresentação do projeto de moradia que está sendo executado em Limeira, por meio da Associação Central da Cidadania (ACC). A equipe sugeriu a implantação do programa em Itupeva, que consiste na compra coletiva de terrenos imobiliários.

O prefeito Marcão Marchi explicou que tem trabalhado para conquistar programas habitacionais para Itupeva e que, recentemente, assinou o ‘Nossa Casa’. “Itupeva é um dos municípios que fará parte do programa do Governo do Estado, o ‘Nossa Casa’. Essa tem sido uma das nossas lutas. Agradeço à equipe e ao vereador Fumacinha pela oportunidade”, comentou o chefe do Executivo.

“Esse projeto é fruto da organização da sociedade, do trabalhador em busca da moradia para a compra coletiva de terrenos com valores acessíveis. Desta maneira realizando o sonho de ter a casa própria”, ressaltou o vereador Francisco Maurino dos Santos (Ceará).

“Itupeva vem crescendo a cada ano, ofertando emprego e renda à população, porém, observamos uma dificuldade em relação à moradia. Nosso objetivo é unir os dois pontos através desse projeto”, comentaram os irmãos Miriam e Mirival Oliveira Fermino.

Para o vereador Lucas Fumacinha, esse projeto viabilizará o sonho da casa própria para muitas famílias. “Itupeva tem um déficit habitacional. Temos muitas famílias buscando uma oportunidade de ter a casa própria, então projetos como estes ascendem a esperança, para que possamos viabilizar e dar condições de todos realizarem os seus sonhos”, disse Lucas Fumacinha.

Nossa Casa

Itupeva está aderindo ao programa Nossa Casa, lançado pelo Governo do Estado de São Paulo. São duas áreas para implantação na cidade: São Venâncio e Parque Santa Isabel.
No São Venâncio, a área de implantação do empreendimento já está aprovada junto à Secretaria Estadual de Habitação com Plano de Trabalho formalizado e enviado à municipalidade, faltando transformação de área rural para urbana, aguardando aprovação da Câmara Municipal.
A área do Parque Santa Isabel foi cadastrada pela Secretaria Municipal de Habitação, Obras e Urbanismo junto à Secretaria Estadual de Habitação, sendo habilitada e encontra-se em análise de viabilização.
O programa Nossa Casa foi criado para ampliar a oferta de habitação de interesse social em todo o Estado, investindo mais de R$ 1 bilhão para ofertar 60 mil novas moradias para as famílias que mais precisam.
A Secretaria Estadual de Habitação tem promovido parcerias com as prefeituras e a iniciativa privada para fomentar a produção de unidades habitacionais em imóveis públicos para as famílias de baixa renda. Além do que, o Nossa Casa vai reduzir o déficit habitacional por meio do atendimento às famílias com renda de até três salários mínimos e para aquelas que recebem auxílio moradia.
O programa vai oferecer habitações a preços sociais, ou seja, com valores reduzidos com relação ao mercado, além de dar subsídios que podem chegar a R$ 40 mil para famílias com renda de até R$ 2.994,00.
Famílias com renda entre R$ 2.994,00 e R$ 5.817,75 também poderão adquirir seus imóveis com subsídios no valor de R$ 10 mil.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!