Ticker

6/recent/ticker-posts

Jundiaí e Região - Equipes trabalham no resgate de animais atingidos por incêndio na Serra do Japi

Segundo matéria do portal G1 o incêndio que durou mais de uma semana na Serra do Japi afetou não só os moradores, como também os animais que vivem no local. Imagens enviadas à TV TEM mostram alguns deles fugindo das chamas e outros que não resistiram . O fogo só foi controlado no nono dia, depois da chegada de chuva na cidade.

Nesta segunda-feira (30), as equipes continuam no local e fazem o trabalho de rescaldo e monitoramento da região. A queimada devastou mais de 10 milhões de metros quadrados na serra, que é considerada uma das principais reservas da Mata Atlântica no Estado de SP.

Além dos animais encontrados mortos, muitos outros foram socorridos com ferimentos e sinais de desidratação. A Associação Mata Ciliar montou uma base de apoio no local para atender os bichos. Segundo apurado pela TV TEM, uma fêmea de cachorro-do-mato e uma irara foram atropeladas na Rodovia Edgar Máximo Zambotto. Já na terça-feira (24), quatro filhotes órfãos de cachorro-do-mato e dois filhotes de tapiti, também conhecidos como coelho-do-mato, foram encontrados sozinhos e levados para a base.

Um vídeo gravado por voluntários mostra uma família de saguis correndo pelas árvores na tentativa de escapar das chamas. Na manhã desta segunda (30), um ouriço que estava ferido também foi resgatado.

Investigação

A Prefeitura de Cabreúva (SP), cidade mais afetada pelo fogo, informou que prepara um relatório para o Ministério Público para identificar e punir o responsável.

O secretário de Meio Ambiente municipal, Maxwell Cavalcante Rodrigues, disse que vai ouvir as equipes que atuaram na linha de frente do combate à queimada na serra, como bombeiros, Defesa Civil e equipe do helicóptero Águia, da Polícia Militar, para colher informações para a confecção de um relatório que será entregue ao Ministério Público.

Fonte: G1.



Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!