Ticker

6/recent/ticker-posts

Empresa de logística pretende expandir negócios em Jundiaí


Em reunião na manhã desta quinta-feira (01), no Paço Municipal, o prefeito Luiz Fernando Machado recebeu executivos da CEVA Logistics, umas das maiores operadoras logísticas do mundo e apresentou o trabalho de gestão feito na cidade e os investimentos para atração de empresas em tecnologia. A CEVA possui um galpão na cidade e, segundo os executivos, deve passar por plano de expansão de investimentos no ano de 2022.

“Somos a 7ª economia do Estado e a 17ª do país, o que só é possível com uma gestão que busca a atração de empresas e a prestação de serviços públicos de excelência. Investimos em sermos uma cidade competitiva e estamos antenados na boa relação com o setor produtivo”, explica. “Temos criado mecanismos para tornar o ambiente econômico cada vez melhor em Jundiaí. A cidade tem que se preocupar com diversos ingredientes para ser competitiva, como qualidade do ar, qualidade da água, tratamento do esgoto. Nosso incentivo ao empresário é a cidade como um todo”.

O vice-presidente sênior de Contratos Logísticos na América do Sul da CEVA Logistics, Fabio Mendunekas, falou dos projetos mundiais da empresa e na região de Jundiaí, elogiando a receptividade da cidade. “A cidade tem bons atrativos e até 2022 teremos mais um um galpão no interior. Além disso, temos como meta até 2025 que cerca de 70% dos nossos armazéns mundiais sejam autossustentáveis, aliando tecnologia e a preocupação com o verde”, explica Fabio, que esteve no encontro acompanhado pelos diretores da empresa, Marcus Ferreira e Rodrigo Bacelar.

Mendunekas também falou sobre a preocupação com o meio ambiente e dos projetos de voluntariado da empresa, além da preocupação com a qualificação de mão de obra.

O gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi destacou o fato de Jundiaí ser um dos principais pontos estratégicos para logística no Brasil. “Jundiaí conta com cerca de 160 empresas multinacionais de 25 nacionalidades, que geram valor agregado e empregos com demanda especializada e renda para a população. O ambiente econômico favorável, a agilidade do alvará e a boa infraestrutura da cidade, além do apoio para os investidores implementados pela gestão, proporcionam segurança para os empresários e tornam Jundiaí extremamente competitiva para atração de novos negócios”, comenta.

Sobre a qualificação de mão de obra, o gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Cristiano Lopes, contou que já há um diálogo direto e semanal com diferentes empresas de Jundiaí e, nesses encontros, a dificuldade de encontrar mão de obra qualificada para algumas funções é relatada. “Precisamos unir as necessidades: de um lado há o trabalhador que procura emprego e muitas vezes tem dificuldade para encontrar, e, do outro, a empresa que também tem sua dificuldade para preencher uma vaga. Já estamos falando com as instituições de ensino e vamos disponibilizar cursos específicos para as demandas das empresas”, afirma.

O vice-prefeito Gustavo Martinelli e o diretor de Fomento à Indústria, Gilson Pichioli participaram do encontro.


(Fonte/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)


Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!