Ticker

6/recent/ticker-posts

Cliente é indiciado por importunação sexual por abaixar shorts de funcionária

Flagrado pelas câmeras de uma loja de conveniência abaixando o short de uma funcionária, tentando expor as genitálias da vítima, um homem de 62 anos, que consumia bebida alcoólica com mais dois amigos, foi indiciado pela Polícia Civil por importunação sexual. O caso ocorreu em 16 de agosto em Iguatu, a 380 km de Fortaleza e foi investigado pela Delegacia Regional de Iguatu, que encerrou as apurações nesta segunda-feira (30). Conforme o delegado regional de Iguatu, Marcos Sandro Lira, que esteve à frente da investigação com a Delegacia de Defesa da Mulher, disse ao portal G1 que as imagens das câmeras ajudaram na identificação do comerciante que puxou a roupa da jovem. "Um senhor de 62 anos bebia no local, quando abaixou o short da garçonete que o atendia. Esse senhor foi indiciado pelo artigo 215 A, do Código Penal Brasileiro, que prevê uma pena de até cinco anos. As câmeras de monitoramento do local coletaram imagens que provaram o crime e ajudaram a identificar o autor. O procedimento será encaminhado para o Fórum local para apreciação do Ministério Público e Poder Judiciário", afirma. A defesa do cliente diz que o caso "foi um incidente movido pelo excesso de bebida alcoólica" e que o homem foi pegar na blusa da funcionária da loja e que, "equivocadamente, segurou na calça/bermuda da senhora que desceu um pouco", mas que seu pediu desculpas e "se apresentou espontaneamente à polícia judiciária na última segunda-feira (30) e contou sua versão que foi confirmada pelas testemunhas presentes na loja de conveniência no dia 16 de agosto."

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!