Ticker

6/recent/ticker-posts

Cão Max auxilia Polícia Civil a achar homem desaparecido em represa de Votorantim


O Canil da Guarda Civil Municipal auxiliou, nesta quinta-feira (5), a Polícia Civil de Votorantim, no serviço de busca de pessoa desaparecida.

O trabalho em Votorantim foi executado pelos guardas Martins, Roseira e Nascimento e o cão Max, da raça Bloodhound. A corporação tinha como principal objetivo localizar um homem, que supostamente teria se jogado na Represa de Itupararanga, no dia 1° de agosto.

“As primeiras informações que recebemos foram via Polícia Civil, no dia 4 de agosto. Assim que o ofício chegou até a corporação, também nos foi detalhado que o filho deste homem tinha sido encontrado pelo Corpo de Bombeiros no dia 1° de agosto, boiando na represa, sendo levado inconsciente até uma Unidade de Pronto-Atendimento, falecendo no local”, detalhou o subinspetor do Canil, Reinaldo Saraiva.

Posteriormente, a equipe do Canil da Guarda Civil Municipal se deslocou ao endereço apontado, onde iniciaram as buscas com o cão farejador. “Esse trabalho de localização do Max foi rápido, identificando o odor deste homem em um ponto próximo ao local onde foi encontrado o corpo da criança”, descreveu.

A partir da indicação do cão, o Corpo de Bombeiros, que também estava presente nas buscas, assumiu a responsabilidade pela retirada do corpo. “Nesta etapa, o trabalho do Canil da Guarda Civil Municipal foi concluído e a equipe retornou para Itupeva”, diz.

Segundo Reinaldo Saraiva, essa ocorrência foi impactante para todos da Guarda Civil Municipal. “As informações deste caso são preliminares. A Polícia Civil ainda está investigando as causas das mortes, mas para nós, que somos guardas e ao mesmo tempo também somos pais, foi uma das buscas mais tristes que tivemos que atuar. O nosso trabalho foi cumprido, mas lamentamos pelas circunstâncias”, detalhou.

Saiba mais - Em outubro de 2017, neste mesmo local (Represa de Itupararanga) o cão Max atuou pela primeira vez, no serviço de buscas de pessoas desaparecidas. Na ocasião, auxiliou o Corpo de Bombeiros a encontrar um homem que estava desaparecido há vários dias.

“Assim como em Votorantim, o Max prestou serviços em outras cidades, como: Alumínio, Mongaguá e Araçariguama, ganhando notoriedade no caso de menina Victória Gabrielly e também no estado de Minas Gerais”, concluiu Reinaldo Saraiva.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!