Ticker

6/recent/ticker-posts

Jovem está desaparecido há 7 meses após descobrir traição do namorado

Um jovem de 22 anos está desaparecido há sete meses, depois de brigar com o namorado, de 23, ao descobrir uma traição amorosa. Werigton Ferreira da Silva estava morando com a família do companheiro em São Vicente, no litoral de São Paulo, desde 2019.
Ao G1, o padrasto do jovem, André Luiz Alves, contou que ele e a mãe conversaram pela última vez com Werigton no dia 27 de novembro do ano passado. Na conversa, por ligação, o jovem contou ao casal que havia descoberto que estava sendo traído pelo namorado, que mantinha um relacionamento escondido com outro rapaz.
"Estava chorando, dizendo que o namorado, em quem ele confiava tanto, estava com outro", contou. A mãe mandou ele ficar calmo e ir para a casa do padrasto, que fica na mesma cidade. À época, ela estava temporariamente morando em Sete Barras, no Vale do Ribeira.
O gastrônomo disse à mãe que iria para a casa de um amigo, e desligou em seguida. No entanto, conforme os parentes averiguaram depois, ele não chegou a ir neste amigo, e desapareceu. Desde então, ele não foi mais visto.
"Não sabemos se ele está vivo ou onde ele possa estar, não temos informações", desabafa o padrasto.
A mãe e o padrasto notaram o desaparecimento no mesmo dia, pois não tiveram novas ligações atendidas. Na mesma semana, no fim de novembro do ano passado, eles foram a São Vicente para procurá-lo, mas não tiveram sucesso.
O casal descobriu que Werigton e o namorado tiveram um sério desentendimento horas antes da ligação, quando o gastrônomo descobriu a traição. Ele desapareceu cerca de nove horas depois da briga.
A mãe, segundo André, não tem condições de falar sobre o desaparecimento do filho. "Está triste, abalada. Chora só de tocar no assunto. Eles são muito próximos, se falavam todos os dias", conta.
Um boletim de ocorrência foi registrado relatando o desaparecimento na Delegacia Sede de São Vicente, e o caso foi encaminhado para Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). O casal já foi ao Instituto Médico Legal (IML), hospitais e delegacias para procurá-lo.
Os parentes dizem, ainda, que a Polícia Civil aguarda pela quebra dos sigilos telefônico e bancário, para entender o que pode ter acontecido com ele e obter um paradeiro do jovem. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) não confirmou a informação até a última atualização desta reportagem.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!