Ticker

6/recent/ticker-posts

Idoso deixa moedas de herança para netos em Jundiaí

Seu Natalino, morador de Jundiaí, era um ávido colecionador de moedas. Começou o hábito aos 14 anos, quando recebeu seu primeiro salário e se estendeu até o começo deste ano, quando faleceu.

“O que ia sobrando, ele ia guardando”, conta a filha Lilian Ruy. Além do hábito em guardar as moedas, seu Natalino também colecionava moedas de outros países, como Japão, Turquia e União Soviética. Algumas foram presentes de amigos que sabiam da paixão de Natalino pelas moedas.

Seu Natalino deixou moedas de herança para seus idosos

A intenção da economia era deixar de herança para os netos, que não tinham ideia do valor da coleção do avô.

Mas a troca das moedas precisava vir acompanhada de uma boa ação. Por isso, a família procurou um supermercado que estava precisando de troco e, além de trocar as moedas por notas, a família decidiu trocar o valor em vales-compras no valor de R$1.100, que vão ser doados para instituições que cuidam de crianças com câncer e em situação de vulnerabilidade.

A coleção de moedas de seu Natalino (Reprodução TVTEM)

E para contar os 240 quilos de moedas foi preciso um mutirão que durou quase 24 horas. Ao todo foram 70 mil moedas, somando R$ 20.057,45. O esforço de 27 anos do seu Natalino foi transformado em uma boa ação. Para o filho Silvio Ruy, a sensação é de orgulho. “A emoção é muito grande realmente”, se emociona.

(Texto: TVTEM/TVTEC / Imagem: Reprodução TVTEM/TVTEC/Arquivo pessoal)

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!