Ticker

6/recent/ticker-posts

Carina Reis: Uma escritora jundiaiense conquistando a Amazon Kindle

Divulgação Arquivo Pessoal

 

Tendência que já vinha se consolidando e e acabou acelerada, em partes, por conta da fatídica pandemia de Covid-19, o mercado de e-books (livros digitais) teve um crescimento que pode ficar entre 50% e 100%, de acordo com avaliação de Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros, o Snel, e sócio da editora Sextante.

“Ainda estamos consolidando os dados de performance desses segmentos em 2020, mas posso dizer que há um crescimento grande, sobretudo no mercado de e-books, que deve apresentar uma alta entre 50% e 100%", afirmou ele em entrevista à Revista Veja, em abril deste ano. 

Uma pesquisa também revelou que, entre 2016 e 2019, o faturamento de conteúdo digital no mercado editorial cresceu 115%.

Um mercado em crescimento também significa que ele está cada vez mais competitivo e, o grande número de obras disponíveis digitalmente se torna um grande desafio para escritores novatos, ainda mais com tantas plataformas concorrentes, como o Wattpad, que oferece espaço para escritores amadores publicarem digitalmente sem nenhum custo. 





Este desafio, no entanto, foi encarado por Carina Reis, jornalista de 31 anos que nasceu em Minas Gerais, mas adotou Jundiaí como cidade do coração há mais de 20 anos. 

Publicando desde agosto de 2020 na Amazon Kindle, loja de livros digitais da gigante Amazon, Carina conseguiu, em pouco tempo, a façanha de aparecer em terceiro lugar no ranking diário de livros mais baixados. Seu último romance, "Brandon e Natasha", lançado no dia 11 deste mês, chegou ao top 3 logo na primeira semana.

“Em 10 meses foram mais de 150 mil páginas lidas no Kindle Unlimited e cerca de 9 mil e-books adquiridos por leitores“, contou a autora de comédias românticas e romances contemporâneos, que têm recebido um retorno bastante positivo de seus leitores. 

Divulgação Amazon Kindle






Sobrava amor e talento, faltava coragem e tempo

Acostumada a atuar como jornalista, Carina conta que, ainda que fosse apaixonada pela escrita, nunca havia terminado nenhum dos livros que havia começado a escrever, mas decidiu fazer isso quando a pandemia começou. 

O sonho acabou se concretizando em "Maldito Riquinho (The Garage 1): Quando Noah e Charlote se Conhecem", romance que conta a história de uma banda de quatro integrantes e acabou gerando os spin-offs: Vem brigar comigo, Segunda Chance e sua última publicação, Brandon e Natasha, que foi inspirada na música "Say you wont let go" de James Arthur, em performance de Tanner Patrick. 

"Eu fiquei receosa a princípio, com aquele medo do que as pessoas pensariam. Por uns seis meses eu nem mesmo anunciei que tinha publicado livros nas minhas redes sociais. A gente, como jornalista, se acostuma a estar atrás da notícia, não 'sendo a notícia'. E aí é um processo lento vencer essa barreira. Pelo menos para mim", admitiu ela.





Dedicação e trabalho duro

Quem ama escrever pode acha que o sucesso de Carina foi um acaso, resultado de sorte ou uma conquista que qualquer bom escritor poderia alcançar, mas vai muito além. 

Para publicar suas obras, Carina buscou conhecer o máximo possível a plataforma (Kindle), assim como estratégias de interação nas mídias sociais para divulgação do trabalho. E essa é apenas uma parte do negócio. A "labuta pesada" mesmo vem da autodisciplina para escrever e produzir, focando na qualidade, mas sem esquecer da quantidade.

“Tem sempre um pico de vendas no mês de lançamento. No mês seguinte, começa a cair e, no terceiro, ele cai bonito. Se quero me manter relevante neste mercado, tenho que cumprir esse prazo”, explicou ela em uma entrevista ao Tribuna de Jundiaí.

“Eu entendi que precisava colocar metas, então minha primeira decisão foi procurar um emprego em que trabalhasse de quatro a cinco horas por dia. Eu queria realmente escrever! Então, hoje, trabalho neste período e o resto do dia divido com os textos”, completa ela, que também divide um pouco do seu dia a dia com os leitores em uma Fanpage no Facebook

Os livros de Carina Reis, apenas em formato digital, estão disponíveis na Amazon Kindle

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!