Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Prefeitura de Itupeva vai identificar pessoas com comorbidades pelo cadastro das UBSs


Como anunciado nos últimos dias pelo Governo do Estado, novos grupos foram incluídos na vacinação contra a Covid-19. Para tranquilizar a população – principalmente os que não estão conseguindo fazer o pré-cadastro – a Secretaria de Saúde informa que vai fazer um levantamento e identificará as pessoas com comorbidades, com idade entre 50 e 59 anos, utilizando as informações das Unidades Básicas de Saúde.

A secretária de Saúde, Luciane Alves da Cunha, explica. “Queremos tranquilizar a população e informar que todos serão vacinados. Mas, para isso, vamos utilizar os prontuários médicos para convocar estas pessoas. Nosso objetivo é fazer este levantamento nos próximos dias, para dar início à imunização”, comentou.

Mesmo com este trabalho que será feito, aquelas pessoas que conseguirem fazer o pré-cadastro e atenderem aos critérios pré-estabelecidos no Plano Nacional de Imunização, devem acessar o site oficial da Prefeitura de Itupeva para se cadastrar.

O link é: https://www.itupeva.sp.gov.br/vacina-covid 

“Os pacientes que utilizam outro atendimento de Saúde, como convênios privados e particulares, devem solicitar ao especialista os documentos de comprovação da sua condição de saúde”, disse ela. 

Documentos que comprovem a condição de saúde:

- Laudos

- Declarações

- Prescrições médicas ou relatórios médicos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde, assinado e carimbado, constando o CRM do (a) médico (a)

- CPF

Confira a descrição das comorbidades incluídas como prioritárias para vacinação:

- Diabetes mellitus: qualquer indivíduo com diabetes

- Pneumopatias crônicas graves: indivíduos com pneumopatias graves incluindo doença pulmonar, obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave com uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia por crise asmática;

- Hipertensão Arterial Resistentes: HAR = quando a pressão arterial permanece acima das metas recomendadas com o uso de três ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou pressão arterial controlada em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos;

- Hipertensão arterial estágio 3: PA sistólica ≥ 180mmHg e/ou diastólica ≥ 110mmHG independete da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade;

- Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade: PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;

- Insuficiência cardíaca (IC): com fração de ejeção reduzida, intermediaria ou preservada; em estágios B, C ou D, independente de classe funcional da New York Heart Association;

- Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar: cor-pulmonale crônico, hipertensão pulmonar primária ou secundária;

- Cardiopatia hipertensiva: com hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastólica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo;

- Síndromes coronarianas: Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós infarto agudo do miocárdio e outras;

- Valvopatias: lesões valvares com repercussão hemodinâmica ou sintomática ou com comprometimento miocárdio (estenose ou insuficiência aórtica, estenose ou insuficiência mitral, estenose ou insuficiência pulmonar, estenose ou insuficiência tricúspide e outras);

- Miocardiopatias e Pericardiopatias: de quaisquer etiologias ou fenótipos, pericardite crônica e cardiopatia reumática;

- Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas: aneurismas, sissecções, hematomas da aorta e demais grandes vasos;

- Arritmias cardíacas: com importância clínica e/ou cardiopatia associada (fibrilação e flutter atriais) e outras;

- Cardiopatias congênitas no adulto: com repercussão hemodinâmica, crises hipoxêmicas, insuficiência cardíaca, arritmias e comprometimento do miocárdio;

- Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados: com próteses biológicas ou mecânicas, cardíacos implantados (marca-passos, cardio desfribiladores, ressincronizadores, assistência circulatória de média e longa permanência);

- Doença cerebrovascular: acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico, ataque isquêmico transitório e demência vascular;

- Imunossuprimidos: indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea, pessoas vivendo com HIV, doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de doses de prednisona ou equivalente > 10mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofodfamida, demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias, pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses e neoplasias hematológicas;

- Puérperas com comorbidades: a partir dos 18 anos de idade e até com 45 dias após o parto;

- Hemoglobinopatias: doença falciforme e talassemia maior;

- Obesidade mórbida: índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40;

- Síndrome de Down;

- Cirrose hepática: Child-Pugh A, B ou C.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code