Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Estado de saúde de Paulo Gustavo é irreversível, afirma boletim médico



O Ator Paulo Gustavo, criador de ‘Minha Mãe É Uma Peça’ tem quadro médico irreversível, apesar de sinais vitais, segundo informou nesta terça-feira (4) a assessoria de imprensa do artista, com base no boletim médico.
“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”
"A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível", acrescenta a nota.
Paulo foi internado no dia 13 de março, com diagnóstico de COVID-19. No dia 2 do mês seguinte, apresentou piora do quadro clínico e foi introduzido à terapia de oxigenação por membrana extracorporal, uma espécie de "pulmão artificial", aparelho que efetua a absorção do oxigênio quando o órgão apresenta comprometimento severo. No último dia 3 de maio, mesmo após melhoras nos dias anteriores, o estado de saúde de Paulo piorou significativamente, sofrendo um embolia pulmonar. O boletim médico divulgado dizia: "Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade"

 Paulo Gustavo ganhou visibilidade no final de 2004, quando integrou o elenco da peça Surto. Na ocasião, apresentou a personagem humorística Dona Hermínia. Após sua formatura, em janeiro de 2005, deixou o elenco de Surto e passou a integrar a peça Infraturas. Nesse período também começou a fazer pequenas participações na TV, como na novela Prova de Amor, da Record, e na série A Diarista, da Globo.

Em 2006 estreou o espetáculo Minha Mãe É Uma Peça, que ganhou uma adaptação para o cinema em 2013 e uma continuação em 2016. No monólogo, com texto de sua autoria, Paulo voltou a interpretar Dona Hermínia. Construída através de suas observações domésticas e vivenciais, ela reúne os aspectos mais cômicos da personalidade de uma típica dona de casa de meia idade, sempre à beira de um ataque de nervos. Sua atuação lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Shell de melhor ator.

Paulo Gustavo voltou a protagonizar um título novamente nos palcos em 2010, para apresentar o espetáculo Hiperativo, dirigido por Fernando Caruso.Em 2011, ele tornou-se o apresentador do 220 Volts. Em junho de 2013, estreou na produção para TV o sitcom Vai que Cola, no Multishow, que ganhou uma adaptação para o cinema em 2015. Em 2014 o ator esteve em um novo programa, o reality Paulo Gustavo na Estrada, do Multishow.

Em 2017, deixou o Vai Que Cola e entrou no programa A Vila, junto com Katiuscia Canoro, com o roteiro de Leandro Soares. Em 2018, gravou o DVD da peça Minha Mãe é uma Peça na Concha Acústica do Teatro Castro Alves na cidade de Salvador.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code