Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Fiscalizações de avanço de sinal vermelho e parada sobre faixa são suspensas das 23h às 5h em Jundiaí

Os radares de Jundiaí que registram as infrações de avanço de sinal vermelho e parada sobre a faixa de pedestre ficam desligados, todos os dias, das 23h às 5h. O objetivo é a segurança dos motoristas que circulam pelas vias de Jundiaí. A determinação do desligamento é baseada em lei municipal de 2020, de autoria do prefeito Luiz Fernando Machado.

Doze radares passaram a funcionar desde a última quarta-feira em Jundiaí, com o objetivo de ampliar a fiscalização e, por consequência, diminuir as mortes e os acidentes de trânsito.

Os equipamentos farão a fiscalização de excesso de velocidade, conversão proibida, avanço de semáforo (que inclui a parada sobre a faixa de pedestre) e proibição de trânsito de veículos pesados.

“Nosso objetivo é sempre preservar a vida”, observa o gestor de Mobilidade e Transporte Aloysio Queiroz. “E o desligamento do equipamento, em um horário em que a circulação de veículos é menor, evita outros crimes.” A fiscalização ao excesso de velocidade, conversão proibida e trânsito de veículos pesados mantém-se ativa 24 horas por dia. A grande maioria dos acidentes é causada por imprudência e por excesso de velocidade.


Todos os pontos com radares estão sinalizados com faixas de aviso aos motoristas que trafegam por esses locais e podem ser consultados no site da Prefeitura de Jundiaí.

Também é possível consultar pelo mapa qual tipo de fiscalização cada radar faz. Os pontos de instalação foram escolhidos após estudos técnicos, que levam em consideração principalmente o volume de tráfego e os locais com maior registro de acidentes. Todos estão sinalizados. Mês a mês, outros equipamentos passam a funcionar, chegando a 59 em setembro.

De acordo com dados do sistema Infosiga do Governo do Estado de São Paulo, de janeiro a março de 2021 foram registrados em vias municipais e em rodovias que cortam a cidade 499 acidentes com vítimas não fatais e 18 óbitos. Apenas em vias da cidade, foram 330 acidentes com vítimas não fatais e cinco óbitos. Em todo o ano passado, foram 2.093 acidentes com vítimas não fatais e 60 com vítimas fatais.

Aloysio recorda que Jundiaí, junto com a intensificação da fiscalização, tem intensificado também ações de conscientização do motorista. Ao longo de todo o mês ocorre o Movimento Maio Amarelo, com ações e materiais voltados à educação no trânsito. Confira aqui as atividades do mês.

(Texto/Imagem: Prefeitura de Jundiaí)

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code