Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Em Jundiaí, adulto é preso por pedofilia usando o Free Fire


O 2º Distrito Policial de Jundiaí, localizado no Parque da Represa, pediu, nesta terça-feira (11), extrema atenção de pais e parentes responsáveis principalmente por crianças com acesso a jogos online.

O alerta veio com a informação da detenção de um homem de 30 anos, preso em flagrante por corrupção de menores pedofilia em investigação que revelou o aliciamento do adulto a um garoto de apenas oito anos por meio do jogo Free Fire.

De acordo com o site TechTudo, Free Fire é um jogo online do gênero de combate envolvendo três ou mais lutadores até que apenas um se mantenha de pé. É produzido pela empresa Garena e se tornou disponível para download, gratuito, em 2017, podendo ser baixado em celulares Android e iPhone, além de PCs.

“Em tradução direta do inglês para o português, a expressão ‘free fire’ significa ‘fogo livre’. Em 2020, o jogo atingiu a marca de 80 milhões de jogadores diários ativos e desde então tem se mantido na lista de mais baixados na Google Play Store”, explica o site.

De acordo com o investigador-chefe Leandro Basson, da equipe do delegado titular do 2º DP, Antonio Seleguim Junior, a unidade apurou que o adulto de 30 anos fez amizade com o garoto dentro do jogo e conseguiu que a criança informasse o número de telefone do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp.

“O menino conheceu esse adulto neste jogo conhecido como Free Fire e passou a interagir com ele, a manter contato. Foi a ocasião para conseguir o telefone da vítima e coagi-la a tirar a roupa e ter conversas obscenas”, explicou Basson.

Em vídeo divulgado nesta terça ao lado da mãe do menino (a mulher está de costas), o policial faz um duro alerta aos pais, insistindo para que vigiem o que as crianças fazem na internet. “Vigiem seus filhos nos jogos on-line e não deixem eles falarem com estranhos ou passar o WhatsApp.”

Segundo o investigador-chefe, o aliciador foi rapidamente identificado, preso pelo 2º DP e irá responder pelos delitos de pedofilia e corrução de menores.


Fonte: Imprensa Policial

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code